Conheça duas modalidades de empréstimo e crédito oferecidas pela Caixa

Para as pessoas que possuem nome sujo é muito complicado conseguir empréstimos e estas quando necessitam de dinheiro imediato acabam ficando sem saída. Entretanto, a Caixa está com duas campanhas para negociação de dívidas e empréstimo para tentar facilitar a vida de devedores.

A primeira alternativa é com empréstimo imediato pelo Penhor da Caixa. Com ele, as pessoas com nome negativado ou com baixo score, que normalmente possuem dificuldade de conseguir linha de crédito, pois não são aprovadas pela solicitação de análise de crédito, podem escolher essa modalidade de empréstimo.

O Penhor da Caixa é uma oportunidade de modalidade de crédito oferecida pela instituição desde 1861. Essa alternativa é oferecida sem análise de crédito pessoal e apresenta juros menores, cerca de metade da taxa de crédito pessoal.

Porém, o programa possui um valor de empréstimo que delimita em cerca de 85% do valor do bem que é penhorado. Entretanto, alguns clientes podem conseguir um novo empréstimo de até 130% do valor do bem, caso queiram renovar o penhor.

O valor mínimo para a obtenção do empréstimo é de R$ 50, e o valor máximo de R$ 100 mil.

Como funciona

O penhor caixa funciona da seguinte forma:

O cliente deve apresentar o item a ser penhorado e assim que for entregue e analisado o valor, o dinheiro é automaticamente liberado sem análise ao SPC ou Serasa.

Além disso, o prazo para pagamento do empréstimo é escolhido no momento da contratação do serviço pelo próprio cliente. Porém, esse prazo deve variar entre o prazo de 30 a 180 dias, com a possibilidade de ser renovado caso o cliente queira.

Objetos aceitos para o penhor da CAIXA

O programa tem uma boa aceitação quanto às variedades de objetos, que podem ser:

  • Jóias;
  • Metais Nobres;
  • Diamantes Lapidados;
  • Pérolas;
  • Relógios;
  • Canetas;
  • Pratarias.

Objetos não aceitos pelo penhor da CAIXA

Alguns itens são analisados e podem não ser aceitos, estão entre eles:

  • Ouro inferior a 12 quilates (exceto quando possuir adornos de alto valor ou valor histórico/artístico);
  • Jóias com preenchimento superior a 50% de metal não-nobre;
  • Peças de Prata-paládio (exceto quando possuírem o valor individual equivalente ao máximo de concessão ou com adornos de alto valor).

Taxas

As taxas de juros variam de acordo com o tipo de penhor e o tamanho do empréstimo. Os valores variam entre 2% até 2,459%, sendo menores que as taxas normais de mercado.

Somado a isso, quando e se o cliente desejar renovar a penhora, o empréstimo terá mais três taxas: uma tarifa de avaliação e renovação, com um valor de 0,5% sob a quantia de empréstimo a cada 30 dias; Tarifa de risco, com um valor de 0,6% do valor concedido; Seguro, taxa de 0,055% acrescida mensalmente sobre o valor de avaliação do item penhorado.

Atenção: Caso o pagamento do empréstimo não seja feito dentro do prazo estabelecido, o item penhorado será entregue para um leilão da Caixa. Entretanto, o banco ainda oferece uma margem de 30 dias após o vencimento do contrato para que seja realizado o pagamento e a dívida seja quitada para resgatar o bem penhorado.

Como solicitar o penhor da caixa

Para conseguir realizar um empréstimo por penhor da Caixa o cliente deve ir até uma agência que possua o programa, levar o objeto que desejar penhorar para a concessão do empréstimo, apresentar sua documentação original com foto, esperar a avaliação do item por um empregado da caixa e escolher o prazo do contrato.

Campanha Você no Azul na Estrada

A segunda alternativa é a Campanha Você no Azul na Estrada que é realizada especialmente para atender caminhoneiros e motoristas de transporte de carga e acontece em 10 postos de combustíveis distribuídos pelo país.

A proposta da campanha é oferecer até 90% de desconto em dívidas com atraso para esses indivíduos. Além disso, oferece oportunidades de contratar crédito com taxas de juros que variam entre 3,29% e 3,99% ao mês, que pode até ser reduzida para 2,29% para clientes com conta salário na CAIXA, com um prazo de até 72 meses de pagamento e até 90 dias de carência.

No entanto, para as negociações de dívidas, como de crédito comercial, será permitido unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, operar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou prestes a vencer e realizar a repactuação de dívida.

A campanha também oferece a possibilidade de pagarem uma entrada e incorporarem as demais parcelas em atrasos, incorporar prestações em atraso ao saldo do contrato, fazer o sus do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para reduzir em até 80% o valor de 12 até 3 prestações atrasadas.

Como entrar no programa

Os motoristas e caminhoneiros que se interessarem pela campanha, devem procurar um dos 10 postos de combustíveis distribuídos pelo país que participam da campanha, que podem ser localizados pela página da campanha no site da caixa ou ligar no telefone 0800 726 8068.

Autor: Lara Pires


Fonte: Edital Concursos Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: