fbpx

Conheça os principais métodos de estudo para Concursos Públicos

O processo de se preparar para prestar Concurso Público pode ser bem árduo para aqueles que não estão acostumados a um bom ritmo de estudo. Contudo a organização com bons métodos de estudo pode facilitar esse processo!

Nesse sentido, apresentamos abaixo os principais métodos para concurseiros, pois empregar as melhores técnicas na sua rotina de estudo é essencial para conseguir bons resultados na prova.

Cinco principais métodos de estudo

1. Horários intercalados

A principal dica para começar os estudos é o estabelecimento de horários intercalando as matérias de estudo, pois fazer um bloco único de estudo de uma matéria só pode prejudicar seu aprendizado.

Nesse sentido, é bom criar um cronograma de estudos. Há na internet vários modelos nos quais você pode se inspirar! Mas tenha cuidado, pois o cronograma deve ser organizado priorizando as matérias mais importantes do concurso desejado. Confira o edital para estabelecer as prioridades.

Ao criar o cronograma estabeleça 45 minutos para uma disciplina e, em seguida, separe 5 minutos de descanso. É o que recomendam os especialistas.

2. Memorização

As técnicas de memorização são muito importantes para a fixação dos assuntos, tendo em vista que estamos sujeitos à Curva do Esquecimento.

Você pode aplicar a técnica de memorização com a criação de cards de pergunta e resposta. Invista em perguntas chave que direcionem sua resposta de forma específica, além de permitir que você relembre o que foi estudado.

Memorizar datas, termos, códigos, significados de siglas etc só é válido quando associado ao estudo significativo dos assuntos, pois permite a você puxar na memória os conhecimentos adquiridos.

3. Marcação de textos

Nesse sentido, a marcação de textos com marcadores coloridos, post-its, etc. Priorizar materiais impressos no estudo rende melhor resultado para a maioria dos concurseiros, contudo a técnica de marcação também pode ser feita em PDFs, por exemplo. O programa Xodo é um exemplo de que você pode fazer a marcação dos textos dar certo mesmo na leitura em tela.

Você Pode Gostar Também:

Priorize cores como o amarelo que ajuda na memorização, mas não saía destacando tudo no texto. O objetivo é descartar as informações mais importantes, o que facilitará uma rápida revisão a partir da criação de resumos e fichamentos.

4. Resumos e fichamentos

O resumo consiste basicamente na criação de pequenos textos com a síntese do que foi estudado, enquanto o fichamento pode ser feito a partir das citações importantes destacadas durante a leitura dos textos.

Nesse sentido, a criação de resumos pode ser uma das melhores técnicas de estudo, pois permite a você saber se realmente aprendeu sobre aquele assunto ou se ainda precisa se dedicar com mais afinco a ele.

Colocar um determinado conhecimento no papel (ou computador) é perfeito também para a fixação das matérias.

5. Mapas mentais

A criação de mapas mentais consiste em um dos mais famosos métodos de estudo, além de muito eficaz, pois esses mapas são como resumos mentais. Nesse sentido, essa técnica auxilia no estabelecimento de relação entre os assuntos, de maneira generativa.

Uma forma de começar a lidar com esses mapas é criar exemplos no papel ou computador, estabelecendo palavras-chave que te levem a detalhes mais específicos do assunto.

Não se esqueça de que o mais importante de tudo é observar quais métodos e técnicas de estudo funcionam melhor para você de acordo com sua rotina, seu ritmo de estudo e seu aprendizado, certo?

Gostou deste texto? Então deixe seu comentário!

Veja também Dicas de semântica: como é cobrada a polissemia em Concursos Públicos.

Saiba como estudar português para Concursos Públicos

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!