fbpx

Covid-19: Niterói multará quem furar quarentena sem motivo – Brasil

Para conter o avanço do novo coronavírus (Sars-coV-2), causador da Covid-19, a Prefeitura de Niterói multará em R$ 180 todas as pessoas que estiverem na rua, na próxima semana, sem uma necessidade específica, como ir à farmácia, ao mercado ou a uma unidade de saúde. A medida foi anunciada pelo prefeito, Rodrigo Neves, na noite da última quinta-feira (7), em transmissão pela internet.

Leia também: Cientistas da Itália afirmam ter desenvolvido 1ª vacina contra Covid-19


Janine Moraes/MinC

Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves

A proibição está amparada em decreto aprovado pela Câmara Municipal, que detalha a decisão: “É vedado a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, praias, equipamentos, locais e praças públicas, dentro do município de Niterói, a partir de 11 de maio até o dia 15 de maio de 2020, podendo ser prorrogado por igual período, em descompasso com as medidas temporárias de isolamento social estabelecidas pelo poder executivo municipal em razão da epidemia de Covid-19
”.

Leia também: Covid-19: compra de respiradores gera prisões e queda de Secretários da Saúde

Segundo a lei, haverá exceções, como as hipóteses de “deslocamento por força de trabalho, para ida a serviços de saúde ou farmácias, para compra de insumos alimentícios e congêneres essenciais à subsistência, bem como para ida a estabelecimentos autorizados a funcionar”. Quem trabalha na cidade do Rio de Janeiro terá que mostrar carteira de trabalho ou crachá para poder transitar.

De acordo com Rodrigo Neves, que não chama as medidas de lockdown
(bloqueio máximo), só podem abrir na cidade cinco ramos de comércio: mercados, farmácias, padarias, postos de combustíveis e petshops. A fiscalização, tanto dos estabelecimentos quanto das pessoas nas ruas, será da Guarda Municipal, que terá poder de multa, a ser dobrada em caso de reincidência.

“São cinco atividades mais essenciais à vida e serão as únicas permitidas, de segunda a sexta-feira que vem, de 11 a 15 de maio”, frisou Rodrigo Neves.

O prefeito também enfatizou que serão reforçados os bloqueios com os demais municípios que fazem divisa com Niterói, inclusive com a medição de temperatura das pessoas, encaminhando às unidades de saúde quem apresentar febre.

Segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Niterói possui 524 casos de Covid-19
, com 35 mortes.

O vizinho ao lado

Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel


Eliane Carvalho

Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel

No Rio, o prefeito Marcelo Crivella
(Republicanos) anunciou “lockdown parcial” a partir da zona oeste, região onde há mais histórico de aglomerações. A medida foi tomada após o Ministério Público encaminhar relatório da Fiocruz defendendo a adoção urgente de medidas rígidas de isolamento.

Leia também: Covid-19: compra de respiradores gera prisões e queda de Secretários da Saúde

Enquanto isso, o governador Wilson Witzel
(PSC) vem sendo pressionado a adotar o bloqueio total no Estado. Porém, ele acredita que cabe a cada município impor medidas restritivas para combater a Covid-19
.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!