fbpx

Crivella planeja app para demarcar ‘cercadinho’ na praia – Brasil

Antonio Scorza / Agência O Globo

Cariocas ignoraram o uso de máscara

Há cerca de um mês,  Marcelo Crivella
 dizia que só ia liberar o acesso às praias do Rio quando saísse a vacina contra o novo coronavírus
(Sars-cov-2). Agora, o discurso mudou, e o prefeito já tem planos para que os cariocas voltem a aproveitar a orla carioca. Nesta segunda-feira, quase dez dias após permitir novamente o banho de mar — mas mantendo vetada a ocupação na areia —, o prefeito prometeu novidades para os banhistas, que poderão permanecer no local numa área delimitada que poderá ser reservada por um aplicativo de celular
. Crivella não disse quando isso vai começar, mas garantiu que as novidades serão anunciadas nos próximos dias.

— As pessoas vão poder ocupar essas demarcações pelo horário que chegarem e também reservando no aplicativo. A ideia é que assim a gente consiga organizar melhor o que hoje não está bom — explicou o prefeito nesta segunda-feira.

A proibição, no entanto, não tem intimidado os cariocas. No fim de semana, muitas praias da Zona Sul ficaram lotadas. No domingo, apesar de mais vazios do que no sábado, os calçadões e a areia foram novamente palco de irregularidades, uma vez que a falta de fiscalização deixou banhistas e vendedores à vontade para desrespeitar as regras estabelecidas pela prefeitura.

Em relação aos flagrantes de aglomeração nas praias da cidade nos últimos dias, Crivella pediu para que as pessoas evitem ficar próximas quando forem tomar banho de mar.

— Nesta semana nós vamos fazer a organização das praias para que as pessoas mantenham o afastamento na areia, e o que a gente pode fazer é o apelo que sempre fazemos. Não podemos aglomerar — afirmou ele nesta segunda-feira.

No dia 9 de julho, Crivella ainda estava receoso quanto à liberação da praia.

— A tendência é manter a proibição até que tenhamos uma vacina. A vacina está sendo testada e pode ser produzida na Fiocruz. Se a gente libera a praia e faz sol no fim de semana, a areia pode ficar lotada do Leme ao Pontal. Os índices de contaminação estão caindo. Não podemos pôr isso em risco — disse o prefeito naquela época.

No dia 31 de julho, Crivella anunciou a entrada da cidade na quinta e penúltima fase da flexibilização das medidas de isolamento social e antecipou a liberação do banho de mar nas praias. No entanto, ainda não tinha permitido a permanência na areia.

Na Europa, no início do relaxamento das medidas de prevenção contra o coronavírus, no fim de maio, algumas praias da França e da Espanha chegaram a reabrir com “cercadinhos” para manter as pessoas afastadas. Elas também precisavam fazer reservas para conseguir um lugar ao sol, literalmente, ocupando baias na areia que tinham limite de até seis pessoas.

A novidade foi anunciada por Crivella nesta segunda-feira, durante a cerimônia de apresentação da equipe médica que será enviada a Beirute, capital do Líbano, onde pelo menos 158 pessoas morreram numa megaexplosão na semana passada. O prefeito falou que mais detalhes sobre a demarcação do espaço na areia e como vai funcionar o escalonamento serão divulgados ainda nesta semana.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!