Curso online e gratuito ensina a quitar dívidas

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

É preocupante que a maioria – 62,2% – das famílias brasileiras fechou 2017 no endividamento, conforme informa a última Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor). Por isso, lanço o curso online e gratuito “Como quitar suas dívidas”. O conteúdo orienta como sair e evitar o endividamento e a inadimplência.

Nele oriento para a resolução dos problemas em relação ao dinheiro. O endividamento é como um imenso iceberg, que se forma silenciosamente e pouco a pouco vai tomando corpo.

Muitas vezes, só notamos a situação quando ela já adquiriu uma dimensão assustadora, comprometendo o equilíbrio financeiro e a realização dos nossos sonhos. Para combater as dívidas e recuperar a sustentabilidade financeira é preciso fazer uma verdadeira mudança de hábitos e comportamentos, que passa por enxergar o dinheiro como meio, não como fim, e combater a causa da geração da dívida, não apenas seus efeitos.

Para fazer o curso, acesse http://info.dsop.com.br/sair-das-dividas-gratuitamente e preencha as informações. Você receberá e-mail com link e cupom promocional. Acesse o link, clique no botão “Comprar” e insira o código do cupom. Em seguida, clique em “Aplicar cupom” e em “Continuar compra”. Faça breve cadastro na plataforma e tenha acesso ao curso, com 10 horas de carga horária, e exercícios.

É preciso, com determinação e coragem, encarar os números e analisar a situação, colocando tudo no papel. Portanto faça um diagnóstico financeiro completo, anotando todas as suas dívidas, nome do credor, valor devido, taxas de juros, prazo e característica. Em seguida, separe os itens “essenciais” (como água, luz, telefone, condomínio) e “não essenciais” (como um contrato de TV a cabo ou conta de celular dos filhos, se tiverem).

Em um momento de acúmulo de dívidas e dificuldade em pagar todas, é preciso priorizar as contas essenciais, evitando o corte de serviços indispensáveis parta a família, e verificar o que pode ser eliminado ou ter seu custo reduzido. Além disso, é preciso ter atenção com as dívidas sobre as quais incidem maios juros, como cheque especial e cartão de crédito.

Aproveite o curso e acredite, com educação financeira você também pode sair das dívidas.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Fonte: INFOMONEY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: