fbpx

Dia Internacional do Autocuidado: mude seus hábitos!

Veja algumas mudanças que podem ser feitas para ter uma vida mais saudável – Shutterstock

Foto: João Bidu

Hoje, dia 24 de julho, comemora-se o Dia Internacional do Autocuidado. A data foi criada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para incentivar melhores atitudes em relação à nossa saúde e bem-estar do corpo e da mente. A escolha da data (24/7) é bastante simbólica, pois refere-se que esse cuidado seja feito 24 horas por 7 dias da semana, ou seja, que as ações propostas neste dia se tornem atitudes diárias. 

Sabe-se da importância de cuidar da saúde da mente e corpo para mantê-los em equilíbrio, mas nem sempre é fácil colocar o discurso em prática. Para ajudar na adoção de hábitos saudáveis, listamos algumas mudanças simples, mas que podem fazer a diferença no dia a dia. 

Hábitos saudáveis para adotar em 2021:

Boa alimentação

A nossa alimentação reflete diretamente no nosso corpo, afetando a nossa disposição, o aspecto da pele, a resistência das unhas e até o brilho dos cabelos, assim como outras questões. Portanto, atentar-se para a alimentação é o primeiro passo para ter uma vida mais saudável. Se possível, opte por alimentos poderosos para a saúde física e espiritual.  

Dicas: 

  • Adote um dia da semana sem carne
  • Coma pelo menos uma fruta ao dia
  • Diminua o consumo de frituras e industrializados
  • Dê preferência para alimentos orgânicos

Atividades físicas

Apesar de muitas pessoas terem uma vida sedentária, é imprescindível que os exercícios físicos façam parte do estilo de vida. Ficar muito tempo sentado e deitado pode causar problemas futuros nas articulações, nos músculos e na coluna de forma precoce. 

Para mexer o corpo não é necessário nada muito elaborado, pode ser uma caminhada pelo bairro, alongamentos pela manhã e yoga dentro de casa. Existem diversas opções de atividades físicas para todos os tipos de gosto e acessibilidade, escolha o que for melhor para você nesse momento. 

Terapia

A palavra “terapia” virou o termo do momento, mas não é à toa, pois todo mundo precisa ter acesso a um acompanhamento. Essa necessidade ainda aumenta devido ao período de pandemia, no qual apresentou aumento de pessoas com ansiedade e depressão. 

O estresse e a ansiedade são normais, mas são duas coisas que necessitam de acompanhamento profissional quando chegam em níveis que atrapalham a rotina como, por exemplo, a síndrome de burnout. 

Existem lugares que oferecem atendimento com psiquiatras e psicólogos de forma gratuita, como no Sistema Único de Saúde (SUS), em hospitais universitários e em projetos independentes. 

Terapias alternativas

Existem algumas técnicas que auxiliam no alívio de sintomas da ansiedade, da depressão e do estresse, além de ajudar a equilibrar as emoções. A aromaterapia, o feng shui e a cromoterapia são algumas delas. 

Essas terapias são alternativas, ou seja, elas complementam as terapias convencionais como o acompanhamento de psicólogos e psiquiatras. Uma não substitui a outra. 

Sugestões de terapias alternativas:

  • Cromoterapia
  • Fototerapia
  • Cristaloterapia
  • Holística
  • Thetahealing

Espiritualidade

Estar conectado com a espiritualidade é essencial para alcançar a plenitude entre o corpo e a mente. Há uma conexão entre ambos e, por isso, suas crenças podem limitar e prejudicar seu corpo e sua vida. Desta forma, é importante sempre manter a fé e a esperança em dias melhores. 

Independentemente da religião, as orações fazem uma ponte entre você e o divino, e podem ser é um ótimo aliado para manter-se firme e forte na jornada da vida. 

Já a Lei da Atração pode ser uma ferramenta importantíssima para pessoas não religiosas. Sempre pense positivo e se mantenha otimista com a vida para entrar em alta vibração e atrair só o melhor do universo. 

Meditação

A meditação tem diversos benefícios para o corpo e para a mente, além de ser facilmente aplicada no dia a dia. 

Para começar, você só precisa ter um lugar silencioso e de 5 minutinhos. Aqui você encontra um passo a passo de meditação para iniciantes.  

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais