Diretoria conhece e aprova projeto dos Moreira Salles para futebol do Botafogo – Esportes

O projeto para criação de uma S/A para gerir o departamento de futebol do Botafogo avançou. Nesta sexta-feira, a proposta confeccionada por executivos da consultoria Ernst & Young, a pedido dos irmãos Moreira Salles, foi apresentado para a diretoria do clube, incluindo o presidente Nelson Mufarrej, que gostaram do que viram.

“O presidente Nelson Mufarrej, acompanhado de vice-presidentes, diretores e ilustres alvinegros, reuniu-se nesta sexta-feira (26/7) com executivos da Ernst & Young (EY), em Botafogo, onde foi apresentado o projeto de um novo modelo de gestão do clube”, explicou o Botafogo, através de nota oficial.

De acordo com os irmãos Moreira Salles, em comunicado enviado à imprensa, o estudo indica possíveis soluções para a crise financeira do Botafogo a partir da mudança do modelo administrativo do departamento de futebol.

“O estudo que encomendamos à Ernst & Young teve a duração de cinco meses e oferece um diagnóstico bastante preciso da situação financeira do Botafogo, esclarecendo a dimensão do problema de dívidas do clube. Essa análise também apresenta a sugestão de novo modelo de administração, que aponta um caminho possível para a recuperação financeira do clube. É preciso entender que esse projeto é, como o nome indica, um estudo – e não uma proposta acabada”, diz o comunicado.

O projeto detalhado também foi visto por botafoguenses ilustres. E com o aval de Mufarrej, deverá seguir nos próximos dias para apreciação dos membros do Conselho Deliberativo do clube.

“Após tomar conhecimento do referido projeto, o Presidente Nelson Mufarrej reafirma estar de pleno acordo para a aplicação e realização do mesmo”, afirma a nota do Botafogo. “O Botafogo colocará à disposição da EY profissionais para dar continuidade à implementação do projeto no mais curto prazo possível, respeitando, naturalmente, todos os trâmites estatutários cabíveis”, acrescenta.

Os irmãos Moreira Salles destacam que a ação inicial deles está finalizada com a apresentação do projeto. Mas deixam a porta aberta para que, em caso de aprovação do projeto, se unam a outros parceiros aptos a contribuir financeiramente para a aprovação do modelo que transformaria a gestão do futebol do clube em uma S/A.

“Nesse momento, o nosso compromisso com o Botafogo se encerra com a entrega do estudo. Mais adiante, no caso do clube angariar o interesse de um amplo grupo de botafoguenses interessados na recuperação do BFR, poderemos eventualmente apoiar iniciativas concretas de investimento que nos pareçam sensatas e razoáveis, sustentadas em critérios claros de viabilidade econômica e uma boa gestão corporativa”, dizem.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: