fbpx

Disputa por streaming faz presidente da Disney deixar conselho da Apple

O Mickey Mouse não gosta mais de maçã: Bob Iger, presidente executivo da Disney, se desligou da cadeira que ocupava no conselho da Apple, cargo em que estava desde 2011. O executivo pediu o desligamento no dia 10 de setembro, mesmo dia em que a Apple apresentou o novo iPhone e revelou o preço, incluindo no Brasil, do seu serviço de streaming, o Apple TV+.

A saída está relacionada ao fato de que as duas companhias se tornarão rivais quando o serviço de streaming das duas empresas estiver operando. Assim como o Apple TV+, o Disney+ funcionará a partir de novembro nos EUA – a estreia no Brasil deve ser em 2020. A diferença de estreia será de apenas 11 dias – no plano avulso, o Disney+ terá mensalidade de US$ 7 nos EUA, enquanto o Apple TV+ terá mensalidade de US$ 5. No Brasil, o serviço da Apple custará R$ 10 – o Disney+ não tem valor confirmado ainda.

“Eu tenho o maior respeito por Tim Cook, sua equipe na Apple e meus companheiros de conselho”, disse Iger num comunicado. “A Apple sentirá falta de suas contribuições como um membro do conselho, respeitamos a sua decisão, e esperamos que a nossa relação com Bob e a Disney continue no futuro”, disse a Apple também em comunicado.

O movimento de Iger é parecido com o de Eric Schmidt, então presidente executivo do Google, que deixou o conselho da Apple em 2009, um pouco antes de a companhia lançar o Android.

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – TECNOLOGIA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!