fbpx

divulgada data de aplicação das provas · JC Concursos

Após suspensões, concurso do TJ PR (Tribunal de Justiça do Paraná) para 114 vagas de técnico judiciário será retomado sob organização do Cebraspe

Depois de uma longa espera e várias suspensões, o concurso TJ PR (Tribunal de Justiça do Paraná) com 114 vagas para técnico judiciário, finalmente foi divulgada a data de aplicação das provas objetivas.

Recentemente, o presidente do órgão, Adalberto Jorge Xisto Pereira, afirmou em reunião com o Sindijus (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Paraná) que o certame aconteceria em agosto.

Xisto ainda enfatizou que, a princípio, serão 114 vagas, mas pode ser que sejam necessárias contratações além deste número se houver orçamento. “Sabemos que há necessidade, mas quero que entendam a minha precaução, não posso contratar mais servidores sem ter uma previsão segura de gastos”, comentou.

Mas conforme publicação no site do Cebraspe, a banca organizadora, as provas acontecerão no dia 22 de setembro. O documento também mostra que os candidatos poderão conferir a partir do dia 4 de setembro os locais e os horários de realização dos testes.

Concurso TJ PR: entenda a situação

A retomada do concurso TJ PR acontece após mais de dois anos da divulgação do edital, em janeiro de 2017, com oferta de 100 vagas e previsão de realização dos exames no terceiro trimestre. Naquele mesmo ano, em setembro, o tribunal anunciou que a avaliação ocorreria somente em 2018. 

Depois, em abril do ano passado, o órgão retificou o número de vagas de 100 para 114 e reabriu o período de inscrições, mas não definiu a data de provas. Ao todo, a seleção registrou mais de 155 mil inscritos, segundo números do órgão. 

A última publicação oficial do processo seletivo, em fevereiro de 2019, informava a suspensão do concurso TJ PR em atendimento a uma decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinava a estatização de cartórios do Estado. De acordo com o tribunal, em razão disso, a paralisação seria mantida até que um estudo de impacto financeiro fosse realizado. 

Em abril de 2019, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi confirmado como a banca organizadora. O contrato foi assinado em 4 de abril.

Oportunidades

A carreira de técnico judiciário destina-se a profissionais que tenham concluído o ensino médio em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O salário inicial oferecido a quem exerce a função corresponde a R$ 5.741,58, mais os benefícios de auxílio-alimentação e auxílio-saúde.

Estrutura das provas

De acordo com o edital do concurso TJ PR, os candidatos farão prova objetiva com 60 perguntas de múltipla escolha sobre língua portuguesa (20), matemática (15), noções de direito e legislação (15), informática (5) e atualidades (5), além de uma questão discursiva.

Sobre Cebraspe – Cespe UNB

O Cespe/UnB(Centro de Seleção e de Promoção de Eventos) – atualmente Cebraspe – é uma instituição de educação, especializada na realização de avaliações, seleções, certificações e pesquisas e fundada na década de 70, originalmente com a finalidade de elaborar apenas o vestibular da Universidade de Brasília (UnB), e que, depois, acabou migrando para a preparação de concursos públicos. 

O Cebraspe planeja, elabora, aplica e corrige provas objetivas e dissertativas, além de outros tipos de exames necessários ao provimento de cargos públicos (provas práticas, testes físicos e psicológicos). Também oferece reserva de cotas para negros nos processos seletivos – atendendo a determinações legais – e perícia médica para confirmação da reserva de vagas a candidatos com deficiência.

Hoje bastante presente em concursos de todo o país, o Cespe/UnB é uma banca muitas vezes temida pelos concurseiros. Primeiro, porque possui um estilo quase exclusivo de questão, que é o de “Certo ou Errado” – embora a organizadora utilize-se também de questões de múltipla escolha, principalmente em concursos para tribunais eleitorais. O estilo de prova “Certo ou Errado” do Cespe/UnB exige muito cuidado, porque cada resposta errada anula uma correta. 

Segundo informações da própria organizadora, o procedimento de avaliação é justificável em um processo seletivo que visa selecionar o candidato com melhor capacidade de analisar, interpretar e responder a partir do que aprendeu, descartando o “chute” ou a possibilidade de aprovação ao acaso.

Saiba como se preparar para provas do Cespe/UnB

concursosconcursos publicosconcursos pr (paraná)


Fonte: Jornal dos Concursos

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!