fbpx

Domingo tem a final do U20s Trophy em São José!

Portugal voou baixo contra Tonga na rodada final do M20. Foto; Lucas Sakai

Domingo, dia 21, será de festa final em São José dos Campos, com o Estádio Martins Pereira recebendo as finais do World Rugby U20s Trophy (Troféu Mundial M20), a segunda divisão mundial.

O Brasil jogará contra Hong Kong pelo 7º lugar, ao passo que a grande final, que valerá vaga na primeira divisão mundial do ano que vem, opõe Portugal e Japão, os dois invictos até o momento.

 

Cabeça erguida

– Continua depois da publicidade –

O dia de jogos no Vale começa com o desafio pelo 5º lugar entre Quênia e Canadá. Os canadenses se provaram uma equipe bem organizada ao longo do torneio, tendo desempenho bom contra Tonga e Portugal, apesar de derrotas nas duas primeiras rodada. Foi no último jogo que o Canadá deslanchou, vencendo por larga contagem Hong Kong (78 x 26), com o capitão e scrum-half Will Percillier dando show. Já o Quênia fez um jogo muito fraco na estreia contra o Uruguai e venceu o Brasil em um jogo parelho decidido na última bola. Inesperadamente, os quenianos fizeram um jogaço contra o Japão e flertaram em produzir uma zebra e, com isso, chegam confiantes de que poderão fazer mais contra o Canadá. O 5º lugar para o Quênia seria terminar o torneio acima do esperado, ao passo que para o Canadá o 5º posto tem ares de obrigação.

 

versus copiar

12h00 – Quênia x Canadá – BandSports YouTube AO VIVO

Árbitro: Luke Rogan (EUA) / Assistentes: Gonzalo Ventoso (Uruguai) e Matías Esteban (Uruguai)

 

Orgulho em jogo

Uruguai e Tonga eram cotados para irem à final do torneio, mas com derrotas para Japão e Portugal, respectivamente, ficarão apenas com a disputa do 3º lugar. O Uruguai vendeu caro a derrota para o Japão e mostrou um time muito sólido ao longo do campeonato, com direito a atropelo sobre o Brasil, chegando em alta à rodada derradeira. Já Tonga desapontou, com vitória sofrida sobre o Canadá e uma derrota acachapante diante de Portugal. Para Tonga, o 3º lugar tem ares de redenção e para o Uruguai uma vitória significará otimismo que o rugby do país vai ficando mais forte a cada dia. Por tudo o que mostraram até aqui, os Teritos chegam como favoritos ao 3º lugar.

 

versus copiar

14h00 – Uruguai x Tonga – BandSports YouTube AO VIVO

Árbitro: Nehuen Jauri (Argentina) / Assistentes: Cauã Ricardo (Brasil) e Frank Méndez (Chile)

 

Curumins caçam Dragões

Debutante na 2ª divisão, o Brasil não venceu ainda no torneio e encara pelo 7º lugar Hong Kong. No comparativo entre os dois times, o Brasil teve uma defesa melhor, sofrendo 134 pontos, contra 201 sofridos pelos asiáticos, ao passo que o ataque de Hong Kong foi levemente melhor: 65 pontos marcados, contra 58 do Brasil. Para além dos números, Hong Kong se mostrou mais capaz que os Curumins de construir espaços e somar pontos, mas trata-se de uma seleção que cai progressivamente de rendimento ao longo de seus jogos e vai sofrer para manter o ritmo contra o time brasileiro, de forwards fortes. O Brasil tem a chance de sair sorrindo do torneio em casa, mas o jogo promete equilíbrio, igual o duelo com o Quênia. Agora é hora do Brasil mostrar disciplina e aprender com os erros dos jogos passados.

 

versus copiarhong kong rfu logo

17h00 – Brasil x Hong Kong – BandSports TV AO VIVO

Árbitro: Federico Vedovelli (Itália) / Assistentes: Nehuen Jauri (Argentina) e Frank Méndez (Chile)

 

Eles voaram baixo: e agora quem ri por último?

Japão e Portugal vão à decisão depois de campanhas impressionantes. Mas Portugal chega mais embalado do que o favorito Japão, que sofreu no jogo passado (mas com os reservas) para vencer o Quênia. Os dois times mostraram linhas hábeis e definidoras, com Storti, de Portugal, e Yamaguchi, do Japão, entre os grandes destaques do torneio. Portugal ainda provou ter um abertura extremamente capacitado na figura de Portela e um oitavo absolutamente dominante no breakdown, com o capitão José Roque. Porém, a terceira linha titular do Japão é igualmente promissora, de Fukui e Vailea, prometendo uma final de arrepiar.

Na memória dos Lobitos portugueses está a derrota na final de 2017 justamente para o Japão, quando Portugal estava a um try da virada e o jogo foi encerrado prematuramente por questões climáticas, negando aos portugueses o feito histórico. Se o Japão entrou no torneio como o grande favorito, vindo da primeira divisão mundial e com um time fisicamente apto a encarar a elite, Portugal mostrou ao longo do torneio o grupo mais impressionante, técnico e habilidoso como nenhum outro time do Trophy. A final promete suspense até o fim – e lances plásticos de dois times que sabem dar espetáculo.

 

versus copiar

19h00 – Japão x Portugal – BandSports TV AO VIVO

Árbitro: Damian Schneider (Argentina) / Assistentes: Luke Rogan (EUA) e Cauã Ricardo (Brasil)

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!