fbpx

Duarte Nogueira lidera primeira pesquisa Ibope em Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO – O prefeito Duarte Nogueira (PSDB), que tenta a reeleição em Ribeirão Preto, lidera a disputa com 26% das intenções de voto, segundo a primeira pesquisa Ibope, divulgada pela EPTV – afiliada à TV Globo – na noite desta segunda-feira, 05. O ex-deputado federal Fernando Chiarelli (Patriota), que já disputou a prefeitura em 2004 e 2012, está em segundo, com 17%.

Estão empatados com 6% o Coronel Usai (PRTB), que busca associar sua imagem ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), e Suely Vilela (PSB), que recebe o apoio do deputado federal Ricardo Silva (PSB), segundo colocado na eleição passada.

O candidato a prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB)

Foto: Divulgacao / Estadão

Com 3%, aparecem o estreante Antônio Machado (PT) e Mauro Inácio (Psol), que já foi candidato duas vezes pelo PSTU. A professora Cris Bezerra (MDB) tem 2%, e Rodrigo Junqueira (PSL) aparece com 1%. Emilson Roveri (Rede), Vanderley Caixe (PCdoB) e Gersio Baptista (PMN) não pontuaram.

Segundo a pesquisa, 25% dos entrevistados disseram que vão votar nulo ou em branco e 11% não sabem ou não opinaram. A margem de erro é de 4%. O nível de confiança é de 95%. O instituto ouviu 504 eleitores nos dias 02 e 03 de outubro. Ribeirão Preto tem 441 mil eleitores.

Questionados sobre em quais candidatos não votariam, 42% dos eleitores rejeitam Nogueira. Chiarelli é rejeitado por 22%; Usai por 9%. Machado, Mauro Inácio, Vilela e Gersio são rejeitados por 8%. Cris, por 7%. Junqueira e Roveri, por 6%. Caixe, por 5%.

Nogueira afirmou considerou o resultado motivador. Para o prefeito, é sinal de reconhecimento de seu trabalho. Apoiador de Vilela, Ricardo Silva avaliou como animador o porcentual da ex-reitora da USP na primeira pesquisa. Levando em conta que “a campanha está apenas começando”, para a equipe de Bezerra, o índice da candidata foi “muito significativo”.

Veja também:

Como profissionais do sexo e do entretenimento adulto sobrevivem à pandemia no mundo

Estadão

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!