fbpx

Duplas brasileiras têm dia positivo na etapa de Tóquio do vôlei de praia – Esportes

O vôlei de praia do Brasil largou com importantes vitórias na fase de grupos dos torneios masculino e feminino da etapa de Tóquio, no Japão, pelo Circuito Mundial, que serve também como evento-teste para os Jogos Olímpicos de 2020. Foram 18 jogos e 14 vitórias dos times do país nesta quinta-feira. André/George, Evandro/Bruno Schmidt e Guto/Saymon, entre os homens; e Ana Patrícia/Rebecca e Fernanda/Bárbara Seixas, entre as mulheres, saíram com duas vitórias e lideram suas chaves.

Guto e Saymon, que vieram do qualifying, começaram com duas grandes apresentações e dois triunfos seguidos no Grupo F. Eles venceram na estreia os norte-americanos Bourne/Crabb por 2 sets a 0 (21/17 e 21/15). Pouco depois, triunfo sobre os japoneses Hasegawa/Takahashi também por 2 a 0 (21/14 e 21/15).

“Começamos já com os primeiros ranqueados da chave, teoricamente o jogo mais duro, e conseguimos a vitória sobre os norte-americanos, foi muito importante. Na sequência, vencemos os japoneses, time da casa, mas que não possui tanta experiência, foi um jogo mais tranquilo. Vamos encerrar contra a China, que é sempre um jogo de estratégia, mais ‘chato'”, disse Guto.

Evandro e Bruno Schmidt, líderes da corrida olímpica brasileira, abriram a competição superando os alemães Harms e Bergmann por 2 sets a 0 (21/18 e 21/19). Horas depois, vitória contra os chineses Peng Gao e Yang Li, também por 2 a 0 (21/15 e 21/16).

André Stein e George também largaram vencendo duas partidas. Eles começaram o dia superando os japoneses Nishimura/Shibata por 2 sets a 0 (21/15 e 21/17) e horas depois ganharam dos alemães Ehlers/Fluggen também em sets diretos, com duplo 21/19.

Alison e Álvaro Filho, que foram campeões da etapa passada, em Portugal, começaram o torneio com um tropeço, sendo derrotados por 2 sets a 1 (21/19, 19/21 e 15/10) pelos franceses Aye/Arnaud. A recuperação veio horas depois com vitória por 2 a 0 (21/12 e 21/14) sobre os belgas Koekelkoren/van Walle.

FEMININO – Entre as mulheres, Ana Patrícia/Rebecca e Fernanda/Bárbara Seixas venceram os dois jogos que disputaram nesta quinta-feira, enquanto que Ágatha/Duda, Carol Solberg/Maria Elisa e Talita/Taiana saíram com uma vitória e uma derrota nos duelos pela fase de grupos.

Líderes da corrida olímpica brasileira, Ana Patrícia/Rebecca estreou com duas vitórias no Grupo C. Na primeira, contra as polonesas Wojtasik/Kociolek, levaram a melhor por 2 sets a 0 (25/23 e 21/19). No segundo duelo do dia, novo triunfo desta vez contra as chinesas Xue/Wang por 2 a 1 (21/8, 17/21 e 15/9).

Quem também largou bem foi Fernanda Berti/Bárbara Seixas, que pelo Grupo E superou no duelo caseiro as compatriotas Carol Solberg/Maria Elisa por 2 sets a 1 (21/17, 18/21 e 15/13). Maria e Carol conseguiram a recuperação em seguida, com triunfo sobre as tailandesas Radarong/Hongpak por 2 a 0 (24/22 e 21/13). Já Fernanda e Bárbara mantiveram a invencibilidade e derrotaram as chinesas Xia/Wang por 2 a 1 (21/9, 11/21 e 16/14).

O Grupo D também conta com duas duplas do Brasil, que se enfrentaram na rodada de estreia. Taiana/Talita superou Ágatha/Duda por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17). Horas depois, cada um dos times ainda jogou mais uma vez. Taiana e Talita foram superadas pelas holandesas Keizer/Meppelink por 2 a 1 (18/21, 21/16 e 9/15), enquanto que Ágatha e Duda bateram as japonesas Take/Kusano por 2 a 0 (21/17 e 21/15).

O torneio em Tóquio tem um formato particular por ser um evento-teste aos Jogos Olímpicos de 2020. Em uma etapa quatro estrelas usual, a fase de grupos é composta por 32 times divididos em oito grupos. Já na competição desta semana, apenas 24 duplas em cada gênero participam, divididas em seis chaves, como ocorre no evento olímpico. Além disso, em uma etapa normal, são dois jogos na primeira fase, contra três partidas no evento-teste.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!