Dúvidas de lado: Irlanda se impõe sobre a Escócia

Bruno Ruas

ARTIGO COM VÍDEO – Havia dúvidas pairando sobre a forma da seleção da Irlanda, a grande favorita do Grupo A da Copa do Mundo. Porém, a estreia irlandesa foi sólida, com uma vitória tranquila e sem sustos sobre a Escócia por 27 x 03, em jogo que fez ligar o sinal de alerta no time escocês, que mostrou muito pouco para uma seleção que pretende ir às quartas de final, ainda mais em um grupo que também conta com o Japão.

Os avançados verdes dominaram as ações no primeiro tempo, com a Irlanda mostrando ainda impecável forma defensia. O primeiro try saiu logo aos 5′, com pick and go de James Ryan, na potência.

Aos 13′, saiu o segundo try do Trevo, com maul finalizado por Rory Best. Laidlaw descontou com penal para a Escócia, mas a Irlanda tinha mais volume de jogo e, aos 24′, foi a fez de Furlong entrar para o terceiro try verde, depois de Stander avançar na saída de scrum. Antes da pausa, a Irlanda ainda teve um penal desperdiçado por Conor Murray, que assumiu os chutes no lugar de Sexton (ainda não 100% fisicamente). 19 x 03.

A Irlanda cumpriu sua meta no começo do segundo tempo, com bela corrida na ponta para o try de Conway. Com isso, o técnico Joe Schmidt rodou o elenco, trocando Sexton (poupando-o) por Jack Carty, que ainda somou um último penal. A Escócia teve mais território na segunda etapa, mas foi incapaz de criar, parando na parede verde. Stuart Hogg buscou investidas, correndo mais de 100 metros na partida, mas não teve jeito. 27 x 03, números finais.

– Continua depois da publicidade –

Agora, a Irlanda se prepara para duelar com o Japão no dia 28. Já a Escócia tentará a recuperação no dia 30 diante de Samoa.

27versus copiar03

Irlanda 27 x 03 Escócia, em Yokohama

Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)

Assistentes: Pascal Gaüzère (França) e Alexandre Ruiz (França) / TMO: Graham Hughes (Inglaterra)

Irlanda

Tries: Ryan, Best, Furlong e Conway

Conversões: Sexton (1) e Murray (1)

Penal: Carty (1)

15 Jordan Larmour, 14 Andrew Conway, 13 Garry Ringrose, 12 Bundee Aki, 11 Jacob Stockdale, 10 Jonathan Sexton, 9 Conor Murray, 8 CJ Stander, 7 Josh van der Flier, 6 Peter O’Mahony, 5 James Ryan, 4 Iain Henderson, 3 Tadhg Furlong, 2 Rory Best (c), 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 Niall Scannell, 17 Dave Kilcoyne, 18 Andrew Porter, 19 Tadhg Beirne, 20 Jack Conan, 21 Luke McGrath, 22 Jack Carty, 23 Chris Farrell;

Escócia

Penal: Laidlaw (1)

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Duncan Taylor, 12 Sam Johnson, 11 Sean Maitland, 10 Finn Russell, 9 Greig Laidlaw, 8 Ryan Wilson, 7 Hamish Watson, 6 John Barclay, 5 Jonny Gray, 4 Grant Gilchrist, 3 Willem Nel, 2 Stuart McInally (c), 1 Allan Dell;

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Gordon Reid, 18 Simon Berghan, 19 Scott Cummings, 20 Blade Thomson, 21 Ali Price, 22 Chris Harris, 23 Darcy Graham;

 

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: