fbpx

edital de procurador deve ser publicado nesta quarta, dia 2

O edital do novo concurso PGE RJ (Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro) para o cargo de procurador do estado deve ser publicado nesta quarta-feira, 2 de dezembro, de acordo com as últimas informações divulgadas pelo órgão. Ao todo serão oferecidas 13 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal. Para concorrer ao cargo é necessário possuir formação de nível superior em direito. A remuneração inicial será de R$ 15.759,76.

De acordo com o procurador-geral Bruno Dubeux, a aplicação das provas deve ocorrer até o final do primeiro trimestre de 2021. A taxa de inscrição, já definida, será de R$ 250. 

A seleção conta com duas comissões, já formadas. A comissão examinadora será presidida pela procurador-geral Bruno Dubeux, tendo como vice-presidete  o procurador Bruno Hazan Carneiro. como coordenador executivo o procurador Guilherme Jales Sokal e como secretária, a procuradora Natalia Faria de Souza.

Já a comissão organizadora será presidida pelo subprocurador geral Rafael Rolim de Minto, tendo como vice-presidente a procuradora Janaina Andrade Sousa Cruz, como coordenadora executiva a procuradora Nathalie Carvalho Giordano M

Concurso PGE RJ: outros cargos previstos

Além do concurso PGE RJ para a carreira de procurador, com edital iminente, o órgão conta com outra seleção em pauta. Nesse caso, as oportunidades serão para carreiras na área de apoio, com opções para quem possui níveis médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 5.700. Porém, o total de oportunidades ainda deverá ser confirmado.

No caso de ensino médio, a expectativa é de que sejam oferecidas vagas para o cargo de técnico processual, com inicial de R$ 3.860. Quem possui formação de nível superior poderá concorrer na carreira de analista processual, com exigência de formação em direito. Neste caso, o inicial é de R$ 5.700.

Concurso PGE RJ: saiba como foi a última seleção

O último concurso PGE RJ para a área de apoio ocorreu em 2009, com uma oferta de 129 vagas para os cargos de técnico superior e técnico assistente, respectivamente, com exigências de níveis superior e médio.

As carreiras foram reestruturadas em 2014, quando passaram a se chamar analista e técnico.

A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.

acedo e como secretária a procuradora Roberta Monnerat Alves. 

O grupo conta, ainda, com os seguintes procuradores: Renata Cotrim Nassif, André Serra Alonso, Gabriel Pacheco Avila, Juliana Curvacho Capella Almeida da Silva e Hugo Wilken Maurell, além do advogado Alfredo Hilário de Souza, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

 

concursosconcursos 2020concursos rj (rio de janeiro)provas anteriores

Fonte: Jc Concursos

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais