fbpx

EI reivindica atentado contra vice-presidente afegão que deixou 15 mortos

O ataque causou 115 vítimas, entre mortos e feridos, nas fileiras das forças de segurança afegãs e dos seguidores de Dostum

Por
EFE

access_time

22 jul 2018, 16h47

Cairo, 22 jul (EFE).- O Estado Islâmico (EI) reivindicou neste domingo o atentado que deixou 15 mortos e 60 feridos perto do aeroporto internacional de Cabul e assegurou que o alvo era o vice-presidente do Afeganistão, Abdul Rashid Dostum, segundo a agência de notícias “Amaq”, vinculada ao grupo jihadista.

Em dois breves comunicados divulgados pela rede social Telegram, a agência afirmou que “o ataque teve como alvo as celebrações para receber o vice-presidente do Afeganistão” e detalhou que o atentado suicida foi cometido com um colete de explosivos.

Segundo a agência, o ataque causou 115 vítimas, entre mortos e feridos, nas fileiras das forças de segurança afegãs e dos seguidores de Dostum.

Dezenas de pessoas e autoridades locais, entre elas o segundo vice-presidente do governo, Sarwar Danish, receberam Dostum na primeira hora da tarde no aeroporto internacional de Cabul, aonde chegou procedente da Turquia após um ano no exílio nesse país.

Segundo a polícia de Cabul, um suicida detonou explosivos perto da entrada principal do aeroporto pouco depois que Dostum deixou o local, mas o comboio do líder era o alvo do ataque, no qual morreram 15 pessoas, entre as quais está o terrorista.

“Tive uma grande recepção, mas quando deixamos a área escutei uma explosão”, disse o líder da minoria uzbeque Dostum em um ato posterior na capital afegã.

Apesar do atentado, o vice-presidente e antigo senhor da guerra pediu durante o ato “paz e reconciliação” no país e garantiu que “as negociações com os talibãs” são seu principal objetivo.

(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!