fbpx

Elenco do Vasco sai em defesa de Yago Pikachu após a perda de 2º pênalti seguido – Esportes

A frustração do lado dos jogadores do Vasco era evidente. De forma geral, todos acharam que o time jogou bem e não merecia perder para o Cruzeiro por 1 a 0, neste domingo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ainda mais pelas circunstâncias. Inicialmente por Yago Pikachu perder um pênalti e depois pelo gol cruzeirense ter saído aos 34 minutos do segundo tempo.

Todos saíram em defesa de Yago Pikachu. Para o goleiro Fernando Miguel, o fato dele ter perdido o segundo pênalti na competição – já tinha desperdiçado no clássico contra o Flamengo – é algo que acontece no futebol. “O atleta é passível de erros. Por isso eu fui lá dar um abraço nele porque é preciso levantar a cabeça e seguir em frente. Ele é um jogador experiente e que vai superar isso. Além do que sempre vai contar com o apoio de todos nós jogadores”, afirmou.

No momento do pênalti perdido, o próprio técnico Vanderlei Luxemburgo sinalizou para Yago Pikachu e deu a ordem para ele seguir em frente. “Ele é o nosso batedor oficial e vai continuar. É preciso considerar que o goleiro deles também caiu muito bem na bola para fazer a defesa”, lembrou o comandante. Fábio defendeu a sua 28.ª cobrança com a camisa do clube.

Yago Pikachu, que sofreu o pênalti e não titubeou em pegar a bola e por na marca da cal, lamentou a derrota que poderia não ocorrer com o seu possível gol. “A história iria mudar, mesmo porque a gente vinha jogando bem. Bati como treino, mas acho que o goleiro deles foi muito bem. Peço desculpas aos meus companheiros e à torcida e vou continuar treinando cada vez mais”, prometeu.

Para o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, o time jogou bem os dois tempos. “Estamos em evolução e mostramos isso nos últimos jogos. Nosso time tem sido consistente e tem jogado com intensidade. Tivemos maior volume que o Cruzeiro, mas infelizmente levamos o gol no fim do jogo. Acho que o resultado foi injusto”, disse.

“Naquela altura a gente já achava que o empate poderia acontecer. E seria importante levar um ponto para o Rio de Janeiro”, comentou o garoto Talles Magno, que nesta segunda-feira se apresenta à seleção brasileira categoria sub-17. Além disso, ele recebeu o terceiro cartão amarelo e já iria mesmo cumprir a suspensão automática diante do Bahia, no próximo sábado, às 11 horas, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

O volante Richard também recebeu o terceiro cartão amarelo e vai ser outra baixa. O Vasco segue com 20 pontos, por enquanto em 15.º lugar. A torcida vascaína presente ao Mineirão saiu do estádio somente após o esvaziamento dos espaços reservados aos cruzeirenses. Tudo isso por causa de inúmeros conflitos verificados antes e até durante o jogo.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!