empresa lança serviço de luxo com castelos e ilha deserta

A startup de serviços de hospedagem Airbnb anunciou nesta terça-feira, 25, a criação de um serviço voltado para viagens de luxo. Com mais de 2 mil casas em todo o mundo, o serviço reúne casas de arquitetura premiadas, castelos na Europa e mansões enfeitadas – um universo bem diferente dos colchões de ar que inspiraram a criação da empresa, há 11 anos, em São Francisco.

O valor mínimo das hospedagens é de US$ 14 mil por semana, garante a empresa, mas pode chegar a até US$ 1 milhão por sete dias em uma ilha particular na Polinésia Francesa, com direito a uma equipe de 50 pessoas. Cada reserva, segundo o Airbnb, será acompanhada por um especialista em viagens, que terá a tarefa ainda de acomodar e organizar serviços para os hóspedes – como refeições particulares, massagens ou sessões de personal trainer.

O novo serviço surge após uma demanda crescente percebida pela empresa na plataforma: em 2018, o número de reservas de pelo menos US$ 1 mil por noite subiu mais de 60%. Além disso, ele é baseado na Luxury Retreats, startup canadense comprada pelo Airbnb em 2017 por US$ 300 milhões e que deu à americana base para entender o mercado de luxo.

“Os viajantes de luxo de hoje desejam mais do que só acomodações de alta qualidade; eles buscam experiências que os deixem se sentindo mais conectados uns aos outros e ao seu destino”, disse Brian Chesky, cofundador e presidente executivo do Airbnb, em nota distribuída à imprensa. No comunicado, a empresa garantiu que oferecerá opções luxuosas não só em destinos isolados, mas também nas grandes cidades. O serviço ainda é uma versão mais cara do Airbnb Plus, que oferecia hospedagens mais sofisticadas que as comuns na plataforma.

Há duas semanas, vale lembrar, o Airbnb lançou ainda o Airbnb Aventuras, serviço de pacotes de viagem que misturam hospedagens e experiências em locais inusitados – como uma cidade fantasma na Califórnia ou coletar e cozinhar alimentos na ilha de Galápagos, no Oceano Pacífico.

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – TECNOLOGIA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: