fbpx

Entenda o que são e quais diferenças entre os métodos low poo e no poo

O mundo dos cosméticos tem expandido a cada dia, especialmente no segmento de produtos para cabelos. Inclusive, os métodos low e noo poo popularizaram entre as cacheadas e crespas.  Porém, ainda há quem não compreenda o que é e  quais as diferenças entre ambas as técnicas.

Ao ir no mercado ou drogaria comprar algum item para os seus cabelos, já é possível ver a identificação no rótulo da embalagem. Contudo, algumas pessoas acreditam não ter muita diferença para os seus fios.

Mas para te ajudar a fazer melhor escolha, explicaremos melhor sobre o significado dos dois métodos.

O que são as técnicas low e noo poo?

A terapeuta capilar, Paula Breder, esclarece que o low poo é um método em que os cabelos são lavados com produtos que não possuam lauril éter sulfato de sódio (sulfactante),  o popular “sulfato”.

“Quando esse ativo é utilizado, ele limpa o cabelo, mas retira a carga lipídica – de gordura – que atua como uma proteção própria dos fios. Essa carga lipídica serve para a proteção natural contra agentes externos e contra a força exercida sobre os fios durante o ato de pentear”, destaca a especialista, em entrevista ao portal A Gazeta.

Segundo Paula, o low poo é recomendado para qualquer tipo de cabelo e aqueles que seguem a técnica apresentam bons efeitos. “O cabelo crespo sente mais quando recebe algum produto nocivo, seja uma química ou ativo cosmético, por isso o reforço da técnica para este tipo de cabelo”, frisa.

Embora o método low poo não possua sulfato, ele ainda dispõe de alguns sulfactantes, ainda assim são mais amenos e não agridem e nem eliminam a proteção natural do cabelo. “Enquanto o no poo não tem nenhum tipo de sulfactante, é uma limpeza à base de cremes. Porém, essa técnica é menos aplicável em um clima como o nosso, em que transpiramos. Além disso, o couro cabeludo também tem bactérias, então ele precisa de uma higienização mais profunda”, acrescenta a terapeuta.

Como localizar os produtos low e no poo?

A hairstylist e especialista em cachos do Tina Curly Hair, Rafaela Sá, destaca que “é importante checar os nomes dos compostos químicos que estão na composição do produto, principalmente os sulfatos, silicones e petrolatos”, disse ao portal A Gazeta.

Assim como os nomes induzem, low poo significa “pouco xampu” e no poo “sem xampu”.  No entanto, não quer dizer que não se pode usar xampu. “Os xampus low poo garantem uma limpeza suave e fazem pouca espuma. Já o no poo, garante uma limpeza condicionante e não fazem espuma”, diz Rafaela.

Além disso, a especialista frisa que mesmo que muitos produtos se declarem como “liberados” ou “próprios para cacheadas”, é necessário consultar os compostos. “Para isso é importante checar os nomes dos compostos químicos que estão na composição do produto, principalmente os sulfatos, silicones e petrolatos. Dentre eles, o Sodium Laureth Sulfate, que é o maior vilão dos xampus”, recomenda.

Outras composições que devem ser verificados no rótulo é a ausência de grande parte dos “compostos proibidos”. São eles o Mineral Oil (óleo mineral), Parafinum Liquid (parafina líquida), Petrolatum (petrolato) e Sodium Laureth Sulfate (sulfato).

Também é necessário manter a rotina de cuidados e escolher o produto mais adequado ao seu tipo de cabelo.

Veja também: Transição capilar no verão: dicas de cuidados com os cabelos em dias mais quentes

(function () {

function appendFbScript() {
var js, id = ‘facebook-jssdk’,
fjs = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];

if (document.getElementById(id)) return;
js = document.createElement(‘script’);
js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&appId=386404448440944&version=v2.0”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);

window.fbAsyncInit = function () {
FB.init({
appId: ‘386404448440944’,
xfbml: true,
version: ‘v2.0’
});
FB.Event.subscribe(‘comment.create’, function (comment_data) {
console.log(comment_data);
update_comments_count();
});
FB.Event.subscribe(‘comment.remove’, function (comment_data) {
update_comments_count();
});

function update_comments_count(comment_data, comment_action) {
jQuery.ajax({
type: ‘GET’,
dataType: ‘json’,
url: ‘https://tudosobrecabelos.com.br/wp-admin/admin-ajax.php’,
data: {
action: ‘clear_better_facebook_comments’,
post_id: ‘3632’
},
success: function (data) {
// todo sync comments count here! data have the counts
},
error: function (i, b) {
// todo
}
}
)
};
};

appendFbScript();
}

appendFbScript();

})();

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais