fbpx

“Era mais jogador do que muitos que estavam lá”

Em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, Palhinha, meia que se destacou no São Paulo na década de 90, ganhando títulos como a Libertadores (1992 e 1993) e o Mundial (1992 e 1993), falou sobre a sua não convocação por Parreira para a Copa do Mundo de 1994, vencida pelo Brasil. O ex-jogador revelou se sentir injustiçado por ter sido deixado de fora da lista.

“Guardo (mágoa com Parreira). Eu estava num bom momento e era muito mais jogador do que muitos que estavam lá”, disparou.

Durante o programa, o jogador tocou em mais polêmicas e revelou que sua saída do São Paulo, em 1995, foi por opção do lendário treinador Telê Santana, que buscava uma renovação no elenco tricolor.

“Ele achava que eu já não servia mais para aquilo que ele queria. Uma reformulação que tinha no plantel e ele me liberou para sair. Só tenho a agradecer por tudo que ele fez por mim”, contou.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais