fbpx

Escalador cego encadena duas vias em móvel graduadas em 6sup

O escalador cego Jesse Dufton, de apenas 34, entrou na classe de escalada britânica E2, guiando duas vias graduadas em E2 5c britânico (6sup brasileiro). A graduação da via pode parecer inexpressiva para quem está acostumado com marcas de atletas de elite. Porém, como está no título da matéria e na primeira frase do artigo, o escalador é cego.

Nascido com apenas 20 por cento de sua visão central e nenhuma visão periférica, Dufton aprendeu a escalar com seu pai por volta dos dois anos de idade e guiou sua primeira via quando tinha 11 anos. A perda da visão foi gradual, dia a dia não notava diferença, mas ao visitar um lugar após um ano notou uma mudança drástica.

Enquanto escalava, Dufton notou que não era capaz de ver uma agarra e precisava de mais instruções de seu companheiro.

Jesse foi capaz de ver a luz do apontador laser pela última vez há cinco anos. Hoje em dia, ele não consegue ver sua mão se a coloca um pé na frente do rosto e só consegue seguir escalando usando as instruções verbais de sua esposa e seguradora Molly.

“Forked Lightning Crack” (E2 5c/6sup) e “Auricle” (E2 5c/6sup) foram as duas vias que Jesse Dufton as encadenou com direito a uma pequena ironia. Ao declarar a cadena, Dufton afirmou que foi ‘sem vista’ (non-sights), fazendo uma alusão à ascensão “à vista”.

Há pouco mais de um ano depois que Jesse guiou a via “Old Man of Hoy” em uma falésia beira-mar na costa da Escócia. Alguns meses depois a conquista foi documentada no filme “Climbing Blind”. O filme que cobre sua ascensão (a primeira subida às cegas) ganhou vários prêmios.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/en_US/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais