Especialista oferece tratamento gratuito para paciente com câncer reconstruir sobrancelhas

Receber um diagnóstico de câncer, independentemente do tipo, é difícil. E passar pelo tratamento pode ser ainda mais complicado, sobretudo se o paciente realizar procedimentos como radio e quimioterapia.

No projeto “Sobrancelhas do bem”, a micropigmentação é usada para ajudar pessoas que tiveram problemas com o crescimento dos pelos após o tratamento.

Foto: Divulgação / Estadão

Um dos efeitos da busca pela cura do câncer pode ser a perda de pelos do corpo, como a sobrancelha.

Pensando no sofrimento de quem está nessa situação, a especialista em micropigmentação Maria Fernanda Prata, que mora em Curitiba, no Paraná, decidiu reservar um espaço na agenda dela para atender algumas pessoas que não conseguiram restabelecer os fios.

O projeto ‘Sobrancelhas do bem’ nasceu em 2018 desse desejo de auxiliar e melhorar a qualidade de vida de quem luta contra o tumor. Não há custo para o paciente e as vagas variam de acordo com a agenda da especialista. O único requisito para quem tiver interesse em reconstruir ou redesenhar a sobrancelha, é a autorização médica prévia para marcar um horário.

“Antes de qualquer coisa é importantíssimo que a pessoa interessada tenha liberação médica para o procedimento. Cada caso é um caso, e a micropigmentação só será realizada com essa autorização”, alerta.

O objetivo do projeto é devolver um pouco da alegria e autoestima às pessoas que sofreram com a doença. “As nossas sobrancelhas são as responsáveis pela marca de expressão do nosso rosto e, por serem frágeis, elas são geralmente as primeiras a cair com o tratamento, afetando muito o paciente. Quando elas não voltam, ou voltam com falhas, é ainda pior. Por isso, tive essa ideia, para trazer de volta um pouco da autoestima e da alegria dessas pessoas que já sofreram tanto”, acrescenta Maria Fernanda.

O que é micropigmentação?

Para quem não conhece ou não sabe, a micropigmentação é um procedimento estético que consiste em implementar na derme, que é a camada intermediária da pele, um pigmento especial. Essa técnica pode ser utilizada em várias regiões do nosso corpo, como os olhos, sobrancelhas, lábios, cabeça, entre outras.

“A vantagem da micropigmentação é essa; ela pode ser utilizada em várias regiões, até para a reconstrução de aureola em pacientes que tiveram câncer de mama”, finaliza Maria Fernanda, que é dona do estúdio Make It.

Essa é a @mariafernandaprata ? Designer de sobrancelhas, micropigmentadora, especialista em microblading e realizadora desse projeto LINDO que é a Make It! Apaixonada por sobrancelhas desde criança, passava horas desenhando fios para chegar num desenho realista e bem acabado. Mudou radicalmente de área quando resolveu abrir seu negócio e criar sua marca. Há mais de 4 anos no mercado da beleza, cada dia está mais certa e feliz com o que faz, pois trabalha com muito carinho, amor e dedicação para elevar a autoestima e devolver sorrisos a tantas mulheres incríveis que passaram por aqui. Seu objetivo é expandir a Make It, se aperfeiçoar ainda mais em suas técnicas e ministrar cursos profissionais e, assim, ajudar a transformar vidas como conseguiu transformar a sua! E você? Já conhece o trabalho da Maria Fernanda?

Uma publicação compartilhada por Make It Curitiba (@makeitcuritiba) em 26 de Mar, 2019 às 9:28 PDT

Estadão

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – VIDA E ESTILO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: