fbpx

Estátua do “touro de ouro”, em frente à B3, é retirada após decisão da Prefeitura de São Paulo

Touro dourado instalado em frente à sede da B3, em São Paulo (Divulgação)

SÃO PAULO — A Comissão de Proteção à Paisagem Urbana, órgão da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento, determinou nesta terça-feira (23) a remoção da estátua do touro dourado, instalada em frente à B3 na semana passada. Haverá ainda a aplicação de multa.

A justificativa foi a falta de licença urbanística do órgão para a instalação da estátua, infringindo os artigos 39 e 40 da Lei Cidade Limpa. Segundo o órgão, o valor de multa será definido pela Subprefeitura da Sé, área onde o monumento está instalado.

Foram cinco votos a favor da remoção, quatro votos contrários e uma abstenção. Foi deliberado pelos conselheiros que houve uma inserção irregular na paisagem urbana da cidade sem anuência do órgão, por isso haverá sanções.

Em nota, a B3 havia informado que diante da decisão da CPPU (Comissão de Proteção da Paisagem Urbana), a B3 e a Dmaisb, empresa responsável pelo desenvolvimento do projeto da escultura Touro de Ouro, removeriam a obra do local instalado no menor prazo possível, dada a necessidade de logística para a operação de retirada. A escultura foi retirada do local na noite de ontem.

Leia também: Touro, urso, tubarão: conheça os bichos do mercado financeiro

Inspirada no touro de Wall Street, a estátua instalada em frente à B3 tinha 5,10 metros de comprimento, 3 metros de altura e 2 metros de largura. O objetivo da iniciativa, segundo seus idealizadores, era melhorar a atratividade da região.

No mercado acionário, o touro (bull, em inglês) é uma metáfora para o movimento de alta dos papéis na Bolsa, dado que ele ataca de baixo para cima com seus chifres. Já o urso (bear, em inglês), símbolo do mercado em baixa, ataca com suas patas de cima para baixo. Por isso, no mercado se fala em “bull market” e “bear market”.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais