Estreia de primeiro longa original da Apple TV+ é adiada por causa de escândalo sexual – Notas – Glamurama

Samuel L. Jackson e Anthony Mackie || Créditos: Reprodução

Primeiro longa original da Apple TV+, o aguardado drama “The Banker” teve sua première no AFI Film Festival de Los Angeles cancelada na última hora por causa das acusações de abuso sexual feitas recentemente contra Bernard Garrett Jr., um dos personagens da vida real retratados no filme de George Nolfi e filho de Bernard Garrett, que é interpretado por Anthony Mackie na fita. O evento estava marcado para a noite dessa quinta-feira.

Dias atrás, duas meias-irmãs de Garrett Jr. revelaram ter sofrido abusos dele quando todos dividiam o mesmo teto. Ambas têm 15 anos hoje, e também apontaram várias discrepâncias no roteiro da produção estrelada por Samuel L. Jackson que custou estimados US$ 80 milhões (R$ 336,2 milhões) e é assinado pela dupla Niceole Levy e George Nolfi.

A Apple ainda não comentou a polêmica publicamente, e se limitou a divulgar uma nota alegando que “precisa de mais tempo para analisar os fatos”. “The Banker” é um dos principais produtos que o braço de streaming da fabricante do iPhone pretende usar para fazer frente à Netflix, além de outros projetos capitaneados por grandes nomes como Oprah Winfrey, Steven Spielberg e Jason Momoa. (Por Anderson Antunes)

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: