Estude agora! como se preparar para concursos de Tribunais de Contas

Saiba como se preparar para os concursos de Tribunais de Contas começando do zero!

Olá, pessoal, tudo bem? Sabemos que a área de controle em 2020 promete muita coisa boa. Ainda estamos em fevereiro e já temos 2 (dois) grandes editais publicados: TCE-RJ e TC-DF. Vários outros estão previstos para acontecerem ao longo de 2020 e até mesmo em 2021. Se você está no início ou no meio desta jornada rumo à aprovação na área de controle, este artigo é para você, pois falaremos sobre todos os passos e alternativas para que, começando do zero, alcancemos um nível de competitividade suficiente para ser aprovado em quase todos os grandes concursos.

De acordo com levantamento feito pela equipe do Estratégia Concursos, temos cerca de 15 (quinze) concursos da área de Controle e Gestão previstos para 2020/2021. Muitos concursos listados como previstos devem ser realizados apenas em 2021, ou seja, é possível começar do zero e conquistar uma vaga. Dentre os concursos previstos, os principais são os seguintes:

  • TCU:
    previsto na LOA 2020. O Presidente do TCU, José Múcio Monteiro, expressou a
    intenção de realizar o concurso público para provimento de 30 (trinta) vagas em
    2020.
  • TCM-RJ:
    já há algum tempo o TCM-RJ tem se movimentado no sentido da realização de um
    novo concurso. Em contato com o órgão, a equipe do Estratégia Concursos apurou
    que a intenção é que o certame ocorra em 2020.
  • TCM-SP:
    com banca definida (VUNESP), o edital pode ser publicado a qualquer momento.
  • TCE-SC:
    ainda em fase de estudos por parte da comissão organizadora, é uma ótima
    oportunidade para quem ainda está no início ou no meio da preparação, pois deve
    levar algum tempo até a publicação do edital.
  • TCE-AM:
    com a banca definida, FGV, teremos vagas para o cargo de Auditor Técnico de
    Controle Externo nas especialidades Auditoria Governamental, Auditoria de Obras
    Públicas e Ministério Público de Contas. Também uma ótima oportunidade para
    quem está no início ou no meio da preparação.
  • TC-DF:
    edital publicado, tem provas marcadas para o dia 31/05/2020.
  • TCE-RJ: edital publicado e provas previstas para o final do mês de abril.

Outras
informações sobre concursos previstos podem ser encontradas no blog do
estratégia concursos: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/concursos-2020/

Alguns dos órgãos citados acima estão realizando trâmites iniciais para a realização de concurso, então é bastante factível começar do zero e alcançar uma das vagas que serão disponibilizadas. Outros Tribunais, a exemplo do TCE-RJ e do TC-DF que já têm edital publicado, podem servir de base para a nossa preparação, visando outros concursos.

Bom, já vimos que oportunidades não faltam, não é mesmo?

O primeiro passo começar do zero e buscara aprovação em um concurso público é aquele que sempre sugerimos a nossos alunos: escolher o concurso que deseja ser aprovado. Trabalharemos aqui, de modo exemplificativo, com a ideia de que a escolha tenha sido o TCM-RJ.

Escolhido o concurso alvo, o próximo passo é listar as disciplinas que foram cobradas no último edital. Sabemos que o último edital já ocorreu há muitos anos, mas ainda assim este é o caminho mais seguro, pois todas as disciplinas que foram objeto de cobrança no último concurso, certamente farão parte do próximo certame. Se estamos começando do zero devemos, em primeiro lugar, nos preparar com base no último edital. Todas as disciplinas são típicas da área de controle e têm sido cobradas em todos os editais de Tribunais de Contas.

Outra alternativa, apesar de não ser a mais eficiente, é trabalhar em cima de um edital muito completo, a exemplo do TCU, pois dificilmente algum outro concurso será mais abrangente. A ideia é que se preparando para o TCU estaremos preparados para qualquer outro concurso da área de controle. Mas a primeira sugestão, para trabalharmos em cima do último edital do concurso desejado, é a mais eficiente e mais segura. Então, para o TCM-RJ, temos que estudar as seguintes disciplinas:

Fonte: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/concurso-tcm-rj-2/#ultimo-concurso

O
segundo passo é definir o roteiro que seguiremos para cobrir todo o edital
passado. Neste caso do TCM-RJ, a primeira etapa da preparação deve contemplar
as seguintes disciplinas: Português, Contabilidade Geral, Matemática
Financeira, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo, Direito Constitucional,
Direito Financeiro e Noções de Informática
. Chamamos de primeiro ciclo este estudo inicial das
disciplinas básicas. Nele, nosso foco é o estudo da teoria (prioridade alta),
que é complementada pela realização de revisões (prioridade média) e resolução
de questões (prioridade baixa).

Encerrado
o primeiro ciclo, passamos para o segundo,
quando a estratégia deve ser feita no sentido de adicionar disciplinas as
específicas, que são: Auditoria, Contabilidade Pública, Controle
Externo e Ética
. Neste ciclo, tratamos as disciplinas do ciclo básico
com revisões e questões (prioridade alta) e complementamos com alguma leitura
de teoria que tenha ficado para trás (prioridade baixa). Já em relação às
disciplinas específicas, a prioridade alta é o estudo da teoria, sendo que as
revisões e questões complementam este estudo.

A
pergunta então passa a ser a seguinte: qual a melhor forma de estudar todo esse
conteúdo? Entendemos que o estudo deve ser todo baseado naquilo que chamamos de
o
Tripé da Aprovação
”: estudo da teoria,
realização de revisões e resolução
de questões. Cada pilar deste tripé
deve prevalecer em um determinado momento da preparação e nenhum deles deve ser
desprezado em nenhuma fase.

Depois de cumpridos o primeiro e o segundo ciclo, passamos para o terceiro ciclo que tem prioridade alta em revisões e resolução de questões. É nesta fase que consolidamos todo o conteúdo e nos tornamos competitivos para a prova. Este terceiro ciclo pode ser feito inclusive dentro de um período pós edital. Aliás, consideramos que para encararmos um pós-edital com chances reais de aprovação, precisaremos cumprir pelo menos o primeiro e o segundo ciclo.

Resumindo, seguindo uma escala onde vermelho significa prioridade alta, laranja prioridade média e azul prioridade baixa, nossa estratégia deve ser a seguinte:

Ciclo básico - começando do zero
Ciclo Específico - Começando do zero
Ciclo Geral - Começando do zero.

A
depender do número de disciplinas em concursos como o TCU, por exemplo, o
número de Fases/Ciclos pode ser aumentado.

Encerrado
o terceiro ciclo e com um bom percentual de acertos, estamos prontos para
competir!

A resposta para esta pergunta varia de acordo com a carga horária semanal que cada aluno possui disponível para o estudo. O número de Aulas/PDF por disciplina em um concurso dessa magnitude nos cursos do Estratégia, em média, é o seguinte:

Número de Aulas - Começando do zero.
Fonte: https://bit.ly/37tfnrr

Considerando que teremos que estudar a teoria, revisar e realizar questões de todas as aulas, estimamos um tempo médio investido de 5 horas por aula. Isso totaliza 890 horas estudadas, tendo em vista as 178 aulas. Em um ritmo médio de 30 horas semanais de estudo, levaríamos algo em torno de 30 semanas, para estudar todo o edital começando do zero e chegando em condição de ser aprovado.

Pessoal, esse cálculo é feito considerando uma média dos alunos no geral. Em cada caso concreto há variações e isso pode não ser totalmente fidedigno para situações específicas. Esta variação pode se dar em função do histórico do aluno, sua base escolar, o ambiente de estudos, a disciplina, concentração e etc. O importante é que cada um tenha uma ideia de quanto tempo levaria, em sua situação de vida real, para cumprir um conteúdo programático desse nível, começando do zero.

Fechei o edital e nem sinal do edital ser publicado. O que fazer? Primeiro se começamos do zero e conseguimos estudar todas as disciplinas do último edital, na íntegra, significa que já estamos muito avançados em nossa preparação.

No início deste artigo dissemos que há vários concursos da área de controle previstos para o biênio 2020/2021. Encerrados os três ciclos de estudo sem nenhum sinal da publicação do edital é a hora de olhar para o lado e aproveitar outras oportunidades. Estando em um bom nível das matérias que consideramos para fazer esta análise, estaremos preparados para encarar um pós-edital da maioria dos concursos de Tribunais de Contas do país. É muito comum alunos que estudam para um determinado concurso serem aprovados em outros concursos afins.

Nossa sugestão é para que não se preocupe com publicação do edital até que tenha cumprido pelo menos 80% desta preparação inicial.

Uma segunda alternativa é adicionar ao seu ciclo de estudos disciplinas que não caíram no último concurso, mas que possuem chances de estarem presentes no conteúdo programático do próximo certame. Esta também é uma forma de estar preparado para outros concursos que surgirem no meio do caminho.

Se quiser saber um pouco mais sobre como iniciar os estudos para a área de Controle e Gestão, assista à aula do Prof. Herbert Almeida no YouTube e fique mais por dentro ainda: https://www.youtube.com/watch?v=Ezlu7K-PJHE.

Bom, pessoal, espero que tenham gostado da nossa análise sobre como se preparar para concursos de Tribunais de Contas começando do zero.

É importante saber adaptar ao concurso desejado, às matérias que podem ser diferentes e à realidade do estudo em cada caso concreto. Há várias técnicas de estudo que podem acelerar esta preparação como, por exemplo, o uso das Trilhas Estratégicas e a revisão através dos grifos.

Estude
com muita disciplina, afinal a aplicação das técnicas corretas com uma grande
dose de esforço nos conduz ao objetivo almejado.

Um
abraço e bons estudos.

Créditos:

Estratégia Concursos

Baixe o conteúdo completo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: