Evandro e Bruno Schmidt vencem e avançam à semi em etapa suíça do vôlei de praia – Esportes

O vôlei de praia do Brasil segue com três duplas na disputa da etapa de Gstaad, na Suíça, a primeira de nível cinco estrelas da temporada de 2019 do Circuito Mundial. No masculino, Evandro e Bruno Schmidt ganharam dois jogos nesta sexta-feira e avançaram às semifinais. Entre as mulheres, Ana Patrícia/Rebecca e Carol Solberg/Maria Elisa se classificaram às quartas de final.

Evandro e Bruno Schmidt começaram o dia superando os russos Liamin e Myskiv por 2 sets a 0 (21/12 e 21/12), nas oitavas de final. Horas mais tarde, pelas quartas, triunfo de virada sobre os catarianos Cherif Samba e Ahmed Tijan por 2 a 1 (20/22, 23/21 e 15/10). Após a vitória, Bruno comentou a reação após a queda no Mundial.

“Ir para uma semifinal é sempre algo ótimo, especialmente aqui, um torneio incrível que todos querem disputar e chegar longe. Não tivemos um Mundial bom, ficamos aquém do que podemos, tivemos algumas lições. Chegamos aqui pensando em chegar longe, não deixar as coisas escaparem, pensando jogo a jogo, dia a dia”, disse.

Os adversários na semifinal serão os noruegueses Mol e Sorum, neste sábado. Os dois times se enfrentaram duas vezes até hoje, com uma vitória para cada lado. A outra semifinal será entre os holandeses Brouwer e Meeuwsen e os italianos Nicolai e Lupo.

Outras duas duplas brasileiras acabaram eliminadas da disputa nesta sexta-feira. Alison e Álvaro Filho foram superados por Nicolai e Lupo por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14), nas oitavas de final. Guto e Saymon começaram o dia superando os suíços Mirco Gerson e Adrian Heidrich nas oitavas, vencendo por 2 a 1 (19/21, 21/15 e 15/13), mas nas quartas foram superados pelos noruegueses Mol e Sorum por 2 a 0 (21/14 e 21/17).

MULHERES – O Brasil avançou com duas duplas às quartas de final do torneio feminino. Ana Patrícia/Rebecca e Carol Solberg/Maria Elisa venceram seus confrontos nesta sexta-feira e seguem na disputa por medalhas na competição. Já Ágatha/Duda e Fernanda Berti/Bárbara Seixas deram adeus nas oitavas de final.

Na próxima fase, Ana Patrícia e Rebecca enfrentam as canadenses Sarah Pavan e Melissa Paredes, atuais campeãs mundiais. Nos dois confrontos anteriores, as brasileiras perderam. Já Carol Solberg e Maria Elisa jogam nas quartas de final contra as holandesas Keizer e Meppelink. Os times já se enfrentaram cinco vezes, com 3 a 2 para as atletas cariocas.

Carol Solberg e Maria Elisa tiveram um caminho mais longo às quartas, já que saíram em segundo na chave. Elas superaram na repescagem as chinesas Fan Wang e Xin Xia por 2 sets a 0 (21/12 e 21/18). Horas mais tarde, nas oitavas de final, triunfo sobre as espanholas Liliana Fernandez e Elsa Baquerizo: 2 a 1 (21/19, 14/21 e 15/10).

Ana Patrícia e Rebecca, que tinham saído em primeiro lugar da chave, disputaram apenas a rodada das oitavas de final. Elas superaram as canadenses Bansley e Wilkerson por 2 sets a 0 (21/16 e 21/15), garantindo vaga na próxima fase e mantendo a invencibilidade nos três jogos disputados até aqui.

Fernanda e Bárbara Seixas começaram o dia superando as suíças Heidrich e Verge-Depre por 2 sets a 0 (21/19 e 21/9), na fase de repescagem. Horas depois, acabaram eliminadas nas oitavas de final em Gstaad ao serem superadas pelas também suíças Nina Betschart e Tanja Huberli por 2 a 1 (21/15, 13/21 e 17/15).

Ágatha e Duda, que haviam saído em primeiro lugar na chave, não precisaram disputar a repescagem. Nas oitavas, porém, foram batidas pelas eslovacas Dubovcova/Strbova de virada: 2 sets a 1 (16/21, 21/19 e 15/11).

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: