fbpx

Éverton Ribeiro e Dudu são os que mais criam chances de gol no Brasileiro; veja o ranking

A camisa 7 ficou imortalizada ao vestir grandes pontas direita do futebol brasileiro, em especial Garrincha. Hoje, a numeração na camisa já não diz tanto sobre a posição do jogador em campo, mas ainda existem casos em que ela se encaixa. Ao menos no talento e na importância para seus times.

Éverton Ribeiro e Dudu, os garçons do Brasileirão (Alexandre Vidal (Flamengo)/Guilherme Rodrigues (My Photo Press)

Foto: Lance!

Flamengo e Palmeiras, líder e vice do Brasileiro, respectivamente, após a virada do turno, contam com dois setes – ainda que com outras funções – que vêm sendo fundamentais nas campanhas. Inclusive, aparecendo no topo de uma das estatísticas ofensivas mais importante do campeonato: a de assistências para finalização.

Éverton Ribeiro e Dudu são os dois jogadores com mais passes para conclusão neste Brasileirão. Ou seja, são os que mais criam oportunidades de gol para seus companheiros. São 34 do palmeirense – sendo sete para gol, líder junto com Arrascaeta – e 33 do rubro-negro – cinco para gol. O meia da Gávea, no entanto, tem dois jogos a menos (16×18).

A forma com que criam, porém, é diferente. Jogador mais de lado de campo, principalmente atuando pela direita, Dudu é quem mais tentou cruzamentos neste 1º turno, com 143 bolas alçadas na área. Número bem superior aos 89 de Éverton, que atua mais centralizado, enquanto que Arrascaeta e Bruno Henrique – às vezes Gabigol – caem pelos flancos. Foi assim, pelo meio, inclusive, que iniciou a jogada do gol rubro-negro contra o Santos, no sábado.

Pelo centro ou pelos lados, a verdade é que a camisa 7 tem voltado a brilhar nos gramados brasileiros.

JOGADORES COM MAIS ASSISTÊNCIAS PARA FINALIZAÇÃO NO 1º TURNO
– Dados do Footstats

1º – Dudu – Palmeiras – 34 (18 jogos)
2º – Éverton Ribeiro – Flamengo – 33 (16 jogos)
3º – Marcos Rocha – Palmeiras – 31 (17 jogos)
Robinho – Cruzeiro – 31 (13 jogos)
5º – Carlos Sánchez – Santos – 29 (18 jogos)
6º – Artur – Bahia – 28 (16 jogos)
7º – Camilo – Chapecoense – 26 (12 jogos)
Cazares – Atlético-MG – 26 (12 jogos)
9º – Caio Henrique – Fluminense – 24 (19 jogos)
10º – Arrascaeta – Flamengo – 22 (11 jogos)
Daniel – Fluminense – 22 (11 jogos)

Lance!

  • separator

Fonte: TERRA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!