‘Extremamente feliz’, Leclerc destaca atualizações da Ferrari após cravar a pole – Esportes


Charles Leclerc deu sequência à grande fase na Fórmula 1 e cravou neste sábado a pole position para o GP de Cingapura. O piloto monegasco da Ferrari largará na posição de honra pela terceira vez consecutiva, a quinta em sua carreira. “Estou extremamente feliz”, celebrou o jovem de apenas 21 anos, que venceu as últimas duas etapas, disputadas na Bélgica e na Itália, casa da escuderia vermelha.


Leclerc, aliás, destacou as novidades aerodinâmicas introduzidas pelo time de Maranello no SF90. “Trouxemos algumas atualizações que funcionaram corretamente, o que foi bom, porque nem sempre é assim. Eu tive uma sexta-feira muito difícil, definitivamente não era o meu dia, não me sentia confortável no carro, mas trabalhei bastante e valeu a pena. Estou feliz”, disse o ferrarista.


Com a quinta pole position, o monegasco se isola como o piloto que mais vezes conquistou o direito de largar na ponta do grid na temporada de 2019. Atrás vêm o inglês Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas, ambos da Mercedes. Leclerc, porém, garante que se arriscou bastante para conquistar o feito.


“Foi uma boa volta, muito boa, mas houve momentos em que pensei ter perdido o carro, só que consegui trazê-lo de volta e completar o giro”, relatou. “Eu gostaria de agradecer equipe pelo que fizeram. Viemos aqui sabendo que seria uma pista difícil para nós, mas o time fez um trabalho incrível para trazer o pacote que precisávamos e estou extremamente feliz por estar na pole”.


Já o veterano Sebastian Vettel, companheiro de Leclerc na Ferrari, voltou a decepcionar. O alemão tinha a pole encaminhada, mas foi superado pelo monegasco e por Hamilton no final do treino e largará em terceiro neste domingo.


“Deveria ter sido melhor na última tentativa. O comportamento do carro estava fazendo sentido, no geral. Eu estava me sentindo bem e consegui melhorar a cada volta. Fui um pouco mais cedo para a volta final pois a pista estava rápida, mas tive uma pequena saída de traseira, então não adiantava terminar a volta porque já havia perdido tempo”, relatou o tetracampeão, que abortou o seu giro derradeiro.


Entretanto, Vettel comemorou a “boa posição” no grid. “Deverá ser uma boa corrida. Vamos ver como os pneus se comportam, se poderemos pressionar por duas horas ou se vamos ter que administrar. De uma forma ou outra, é sempre divertido aqui em Cingapura”, projetou.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: