fbpx

F1 – Análise dessa sexta-feira em Hockenheim | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

sexta-feira, 26 de julho de 2019 às 17:02

Hockenheim 2019

Por: Adauto Silva

Muitos sinais apontam para um emocionante GP da Alemanha, com a Ferrari exibindo um ritmo superior ao da Mercedes durante a maior parte dos treinos de sexta-feira – mas quanto isso vai valer para este fim de semana?

As temperaturas escaldantes vistas em Hockenheim hoje devem cair no fim de semana, que pode ser afetado pela chuva tanto no sábado quanto no domingo. A previsão para amanhã, sábado, é de 80% de possibilidade de chuva e para domingo 60%. A temperatura deve cair para 27º e 23º respectivamente.

Temperaturas mais baixas também melhorariam as coisas para a Mercedes, já que isso diminuiria suas preocupações de resfriamento, que talvez estivessem em primeiro plano, com o mercúrio se aproximando dos 40 graus centígrados hoje.

Além disso, uma classificação ou corrida com chuva deve alterar bastante as forças já consagradas com tempo seco. Hamilton e Verstappen são considerados os melhores pilotos em pista molhada – em seca também – e um duelo épico entre eles seria bastante provável nessa situação.

Ferrari em forma
Tanto Leclerc quanto Vettel tocaram música em Hockenheim, com muitas voltas ao longo do dia, colocando-os no topo.

Isso estava em contraste com a Mercedes, com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas fazendo muitas excursões fora da pista tanto no TL1 quanto no TL2, enquanto a volta voadora da Leclerc no TL2 também conteve um pequeno erro.

Vettel disse que ainda “há muita margem para ser mais rápido do que hoje”, o que é um bom sinal para os vermelhos. Ambos os pilotos da Ferrari gostariam que o calor continuasse, já que um clima muito quente como o de hoje anula ou minimiza bastante o alegado maior downforce da Mercedes e até da Red Bull em médias velocidades. Quanto mais quente estiver o ar, menos denso ele fica e portanto os carros teoricamente com mais downforce aproveitam muito menos essa vantagem.

E um sinal importante apontou para as Flechas de Prata – meio brancas neste fim de semana ao comemorar os 125 anos no automobilismo – com Hamilton mantendo um ritmo extra segurando a Ferrari no TL1 enquanto estava com pneus mais duros, e chegou em casa a um pouco mais de 1 décimo de Leclerc no TL2.

A luta de duas equipes pela supremacia pode até ser “atrapalhada” por Max Verstappen – mesmo com clima seco -, cujas voltas voadoras no TL2 foram afetadas por quedas repentinas de potência, talvez questões semelhantes que o impediram de se classificar melhor em Silverstone. Além disso, Max pegou tráfego em sua volta voadora com pneu macio. E o pneu macio com 40º de temperatura ambiente, só tem uma volta realmente boa.

O ressurgimento de Pierre Gasly na Inglaterra parece não ter durado, já que ao bater forte no TL2, ele está com a confiança prejudicada antes do final de semana.

De qualquer maneira, a Ferrari se mostrou novamente mais rápida nas retas e curvas de alta, com a Mercedes dominando as curvas de baixa e média. O setores 1 e 2 estão mais para os vermelhos, enquanto o setor 3 é da Mercedes. Verstappen se intromete entre eles de acordo com os pneus que cada um está usando. Os pneus macios duraram mais voltas na Ferrari do que na Mercedes.

McLaren e Renault
Ambas as equipes com UP Renault decepcionaram nessa sexta-feira e ambas parecem ter o mesmo problema. Se andam com baixo downforce, o carro perde muito nas curvas. Se colocam mais downforce, o carro fica lento nas retas. Nenhum dos pilotos dessas equipes conseguiu encontrar um meio-termo no acerto do carro ainda, com Hulkenberg sendo o melhor dos quatro em apenas P9. Há trabalho para ser feito amanhã, ou eles terão que torcer para que a chuva de fato se faça presente.

De volta ao futuro para a Haas
Romain Grosjean está novamente guiando o mesmo carro que estreou na Austrália para a Haas em Hockenheim, e parece que as atualizações de 2019 da equipe foram péssimas e atrasaram o carro, ao invés de melhorá-lo. Uma boa prova disso foi o constrangedor P18 de Magnussen – com o carro atualizado – no TL2 de Hockenheim.

Grosjean se classificou à frente de Kevin Magnussen em Silverstone, mas a equipe não recebeu dados suficientes para saber o que está acontecendo, já que a dupla colidiu um com o outro na primeira volta.

Parece que voltar à especificação do carro do início da temporada, por mais bizarro que pareça, pode ser o caminho para a Haas, com Grosjean na sexta colocação – menos de um décimo atrás de Verstappen e Bottas!

O problema é que não há peças suficientes para colocar o carro de Magnussen na especificação antiga da primeira corrida na Austrália, portanto o dinamarquês e seus engenheiros terão que decidir com que tipo de carro vão andar do TL3 em diante. O carro atual, ou um “monstrengo” usando alguma coisa do antigo e do novo!

Racing Point
Uma equipe que trouxe atualizações que aparentemente funcionaram muito melhor foi a Racing Point.

Grande parte da carroceria do RP19 foi renovada neste final de semana na busca por mais downforce e menos arrasto, e parece que ela fez o trabalho, com Lance Stroll e Sergio Perez no top 10.

Stroll foi o sétimo mais rápido em simulações de uma volta – a sequência de eliminações no Q1 finalmente chegou ao fim neste fim de semana?

Isso sem contar que Stroll foi surpreendentemente bem nas poucas vezes que guiou em pista molhada na F1.

O final de semana promete!

Adauto Silva
Leia e comente outras colunas do Adauto Silva

AS – www.autoracing.com.br

Tags
analise treinos alemanha f1, f1 gp alemanha 2019, f1 Hockenheim, formula 1 2019

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!