F1 – Áustria 2018: Verstappen conquista primeira vitória do ano | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

domingo, 30 de junho de 2019 às 7:00

Max Verstappen

Max Verstappen conquistou uma surpreendente primeira vitória na temporada 2018 da Fórmula 1 na corrida em casa da Red Bull, favorecido pelo abandono de ambos os pilotos da Mercedes no GP da Áustria.

Verstappen chegou à frente das Ferraris de Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, que tirou a liderança do campeonato de Lewis Hamilton por um ponto.

O pole Valtteri Bottas abandonou com um problema na caixa de câmbio, enquanto um erro estratégico durante o período de safety car virtual que se seguiu arruinou a prova de Hamilton. Posteriormente, o britânico parou devido à perda de pressão do combustível.

Hamilton e Raikkonen superaram Bottas na largada, com os três ficando lado a lado antes da curva 1 antes de Raikkonen entrar no vácuo de Hamilton e atacar na curva 3. No entanto, o finlandês travou as rodas e perdeu o traçado.

Isso permitiu que Verstappen o desafiasse na saída da curva, mas o holandês foi bloqueado e Bottas conseguiu passar ambos na saída da curva 4. Verstappen colocou por dentro de Raikkonen duas curvas depois e o deixou para trás após um pequeno toque na roda traseira esquerda da Ferrari.

Bottas não ameaçou Hamilton antes de reduzir a velocidade na volta 14 e parar na área de escape da curva 4 com uma perda de pressão hidráulica.

Isso provocou um período de safety car virtual durante o qual todos os líderes pararam, exceto Hamilton, um erro pelo qual o estrategista chefe da Mercedes, James Vowles, se desculpou via rádio.

Verstappen retornou de seu pit-stop 13 segundos atrás de Hamilton, que percorreu 10 voltas sem conseguir ampliar sua vantagem e eventualmente parou. Ele voltou em quarto, cedendo a liderança ao holandês, mas sua frustração aumentou logo em seguida quando Vettel fez uma ultrapassagem agressiva na curva 3.

Hamilton ganhou uma posição de presente pouco depois da metade da corrida quando Daniel Ricciardo precisou fazer uma troca de pneus por causa das bolhas no traseiro esquerdo. Porém, ele também foi forçado a parar pelo mesmo motivo quando restavam 19 voltas.

A prova de Hamilton chegou ao fim pouco tempo depois quando ele perdeu pressão do combustível, encerrando uma sequência de 33 GPs consecutivos marcando pontos. Seu último abandono havia ocorrido no GP da Malásia de 2016 com uma falha do motor.

A saída de Hamilton deveria ter promovido Ricciardo ao quarto lugar, mas o australiano também já havia abandonado com um aparente problema na caixa de câmbio logo após o segundo pit-stop do britânico.

Com isso, Romain Grosjean encerrou seu começo de temporada sem pontos em grande estilo com a quarta colocação, o melhor resultado da breve história da Haas na F1. Seu companheiro Kevin Magnussen aumentou a alegria da equipe norte-americana terminando em quinto.

Esteban Ocon e Sergio Perez tiraram vantagem do caos e subiram de 11º e 15º no grid para sexto e sétimo na bandeirada, à frente de Fernando Alonso (McLaren). A Sauber também teve um bom dia e pontuou com seus dois pilotos – Charles Leclerc em nono e Marcus Ericsson em 10º.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Max Verstappen Red Bull/Renault 71 1h21m56.024s
2 Kimi Raikkonen Ferrari 71 1.504s
3 Sebastian Vettel Ferrari 71 3.181s
4 Romain Grosjean Haas/Ferrari 70 1 volta
5 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 70 1 volta
6 Esteban Ocon Force India/Mercedes 70 1 volta
7 Sergio Perez Force India/Mercedes 70 1 volta
8 Fernando Alonso McLaren/Renault 70 1 volta
9 Charles Leclerc Sauber/Ferrari 70 1 volta
10 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari 70 1 volta
11 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda 70 1 volta
12 Carlos Sainz Renault 70 1 volta
13 Lance Stroll Williams/Mercedes 69 2 voltas
14 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes 69 2 voltas
15 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 65 abandono
16 Lewis Hamilton Mercedes 62 abandono
17 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 54 abandono
18 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 53 abandono
19 Valtteri Bottas Mercedes 13 abandono
20 Nico Hulkenberg Renault 11 abandono

LS – www.autoracing.com.br

Tags
f1, f1 gp austria, f1 verstappen, formula 1

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: