F1 – Áustria: Bandeiras vermelhas, muito calor e nenhum problema para a Pirelli | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

sexta-feira, 28 de junho de 2019 às 14:17

Pneus da Fórmula 1

A sessão do TL2 na Áustria foi interrompida por duas bandeiras vermelhas após acidentes de Max Verstappen, da Red Bull, e Valtteri Bottas, da Mercedes: o Red Bull Ring está provando ser tão implacável como sempre, exigindo a máxima precisão.

Nenhum tipo de esfarelamento dos pneus foi detectado no TL1 e no TL2 em qualquer um dos compostos.

A batalha no topo é muito equilibrada, com Mercedes e Ferrari liderando uma sessão cada hoje, sempre com o composto macio.

A temperatura da pista estava entre as mais altas do ano, atingindo o máximo de 55 graus, sendo 34 graus no ambiente à tarde. É esperado clima semelhante no resto do fim de semana, que pode ser o mais quente de toda a temporada.

As famosas zebras em formato de salsicha ainda são um perigo se os carros saírem do traçado: Nico Hulkenberg, da Renault, quebrou sua asa dianteira depois de bater em uma no TL1, provocando outra bandeira vermelha.

Em uma pista curta com volta tão rápida, atualmente existe uma lacuna de desempenho de sete décimos de segundo por volta entre os compostos macio e médio e meio segundo entre o médio e o duro.

Pela mesma razão, as diferenças na classificação geral estão muito próximas, com o top 13 do TL2 sendo coberto por menos de um segundo.

MARIO ISOLA – GERENTE MUNDIAL DE MOTORSPORT DA PIRELLI

“Hoje tivemos uma das temperaturas mais altas de pista que experimentamos na Fórmula 1, atingindo 55 graus, com semelhante clima esperado para o restante do fim de semana. Apesar dessas condições muito duras, os pneus não tiveram qualquer problema. Foi um dia complicado para pilotagem com as condições do vento mudando constantemente no TL2 e, em ambas as sessões, aconteceram várias interrupções por bandeiras vermelhas. Isto demonstra a dificuldade habitual deste circuito, reforçada pela proximidade entre os competidores aqui, fazendo com que cada pequena vantagem em termos de afinação e estratégia seja crucial. As equipes vão querer compensar o tempo perdido durante o TL3 amanhã, antes de seguir para o que provavelmente será uma sessão classificatória extremamente apertada”.

EB – www.autoracing.com.br

Tags
f1, f1 gp austria, formula 1, mario isola, noticias formula 1 pirelli

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: