fbpx

F1 – “Se eu vou continuar? Por que não?” | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

sexta-feira, 6 de setembro de 2019 às 12:31

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel entrará no último ano de seu contrato atual com a Ferrari na próxima temporada, no entanto, o quatro vezes campeão mundial de F1 tem tido que responder a perguntas sobre sua aposentadoria do esporte após seus recentes fracos desempenhos.

O piloto de 32 anos provocou rumores sobre sua aposentadoria da F1 quando admitiu sua frustração com o esporte, depois que as autoridades lhe aplicaram uma punição de cinco segundos no GP do Canadá, que por sua vez levou o piloto da Mercedes Lewis Hamilton a vencer.

O GP da Itália deste domingo em Monza será a sétima corrida desde que ele fez essas observações.

E, infelizmente, para o alemão, ele agora se encontra 99 pontos atrás de Hamilton, que parece estar a caminho de conquistar o sexto título mundial de sua carreira.

Vettel, cujo contrato atual termina em 2020, está indubitavelmente sob pressão para se apresentar na Itália e, ao responder perguntas antes da corrida, ele sugeriu que provavelmente continuaria a correr após a próxima temporada.

“Para um alemão não é possível prometer algo, mas estou muito feliz aqui”, disse Vettel quando solicitado a prometer vencer a corrida em casa da Ferrari.

“Eu me sinto em casa, é uma família.”

“Se eu vou continuar? Por que não?”

As recentes performances de Vettel na pista também o colocam em risco de perder sua posição de primeiro piloto na Ferrari para seu companheiro de equipe mais jovem, Charles Leclerc.

O piloto de 21 anos de idade começou de maneira impressionante sua carreira na equipe mais famosa do mundo.

Leclerc subiu no lugar mais alto do pódio quando selou sua primeira vitória na F1 no último fim de semana no GP da Bélgica, enquanto Vettel foi apenas P4.

E Vettel admitiu que não era algo que o tenha deixado feliz.

“É muito importante que todos trabalhemos juntos, especialmente para o desenvolvimento do carro”, disse Vettel.

“Charles estava mais forte em Spa e obviamente não gosto disso, mas espero que a situação se inverta em Monza.”

“Ele é muito rápido e sempre há algo a aprender”.

Mas, apesar da declarações de Vettel sugerindo que não pretende parar de correr na F1, muitos no paddock se perguntam se o alemão continuará – na F1 e na Ferrari -, caso seja batido até o final do ano pelo novato Charles Leclerc.

AS – www.autoracing.com.br

Tags
f1 2019, f1 monza, f1 vettel, ferrari f1, gp italia 2019, Sebastian Vettel, vettel aposenta, vettel continua, vettel ferrari

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!