fbpx

F1 – Surgem dúvidas se Vettel termina o ano na Ferrari | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

Jolyon Palmer

Os contínuos atritos entre Sebastian Vettel e Ferrari levou à incerteza sobre se o tetracampeão terminará a temporada toda nos Vermelhos.

Vettel e Ferrari vão seguir caminhos separados no final desta temporada 2020, mas seu último ano juntos está se revelando bastante miserável.

Vettel marcou apenas 10 pontos nesta temporada e criticou fortemente a estratégia de corrida da equipe no Grande Prêmio de 70 anos, disputado ontem em Silverstone.

Ele foi forçado a ir para os boxes mais cedo do que gostaria, pois teve que fazer uma recuperação após rodar sozinho na primeira volta e o tráfego resultante o teria impedido de terminar dentro dos pontos.

Vettel disse ao pit wall da Ferrari durante a corrida que eles “bagunçaram tudo” e, de volta ao paddock, questionou se a parada antecipada foi para que Charles Leclerc não tivesse que tentar ultrapassá-lo na pista.

O ex-piloto que virou analista Jolyon Palmer acredita que a situação “tóxica” entre Vettel e a Ferrari pode levar a uma partida do alemão ainda mais precoce da equipe.

“Não sei se ele consegue [ver a temporada com a Ferrari]”, disse Palmer no podcast Checkered Flag da BBC Five Live.

“Está ficando cada vez mais tóxico a cada dia, até mesmo em dia de corrida. Ele está basicamente tendo um desempenho muito ruim em comparação a Leclerc, que é o menino de ouro da Ferrari (como Vettel foi de 2015 a 2019)

“Leclerc está em seu segundo ano na equipe e já ofuscou Vettel no primeiro ano (quando os privilégios eram do alemão). Ele conseguiu um grande contrato lucrativo com eles e é visto como o homem que vai seguir em frente.”

“Vettel, por sua vez, está deixando a equipe e está realmente lutando para somar pontos agora. Em quatro corridas ele mal chegou aos pontos e foi apenas na Hungria onde ele mostrou alguma chance de obter pontos razoáveis – mesmo assim, ele saiu da pista duas vezes.”

“Vettel acredita que há algo errado com seu carro e isso ficou evidente nas entrevistas pós-corrida muito cautelosas e as coisas estão ficando desagradáveis entre ele e a Ferrari.”

O ex-mecânico de F1 Marc Priestley suspeita que a situação Vettel x Ferrari pode ser apenas a ponta do iceberg e um símbolo de um problema mais profundo dentro da equipe e seu ambiente de trabalho.

“Não é um problema novo na Ferrari, com relacionamentos caindo aos pedaços”, acrescentou Priestley.

“As pessoas já falaram sobre um ambiente tóxico na Ferrari muitas vezes antes e isso talvez seja um sinal disso. Isso é algo que pode ter uma origem muito mais profunda do que apenas o nível da superfície entre a equipe e com atual piloto Vettel. ”

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!