fbpx

Fabrício Werdum é derrotado em seu retorno ao UFC; Vicente Luque vence em revanche

Primeiro grande evento a retornar em meio à pandemia global do coronavírus, o UFC 249 teve início com boas atrações aos fãs de MMA em seu card preliminar. No duelo de maior “apelo” dos confrontos iniciais, Donald Cerrone e Anthony Pettis promoveram um combate totalmente baseado na trocação e bem intenso, principalmente no último round. Após três rounds de muita ação na luta em pé, melhor para o “Showtime”, que saiu com o triunfo por decisão unânime dos jurados, recuperando-se das duas derrotas sofridas anteriormente lutando pelo Ultimate.




Werdum foi derrotado pelo russo Alexey Oleynik no card preliminar do UFC 249 (Foto: Reprodução Instagram)

Foto: Lance!

Ainda no card preliminar, em sua volta ao MMA após dois anos, Fabrício Werdum não teve boa atuação e acabou sendo derrotado por Alexey Oleynik na decisão dividida dos jurados. Outro brasileiro em ação no evento, Vicente Luque utilizou bem sua trocação e, em luta bem agitada diante de Niko Price, saiu com o triunfo por nocaute técnico (interrupção médica) no terceiro round do confronto, voltando a vencer na organização.

Werdum retorna ao UFC com derrota para russo

O duelo começou agitado, com Fabrício Werdum e Alexey Oleynik partindo para a trocação franca desde os primeiros segundos. O russo buscava impor mais pressão em seus golpes, com alguns deles entrando em cheio no rosto do brasileiro, que tentava contra-atacar com joelhadas no clinch. Com Oleynik claramente superior no primeiro round, Werdum tentou reagir no segundo assalto e voltou a apostar em suas joelhadas. Em uma delas, o “Vai Cavalo” levou Alexey ao solo, e com isso, tentou grudar nas costas, mas perdeu a posição.

Com as ações iguais, Werdum não perdeu tempo e, logo no início do último round, voltou a derrubar Oleynik. Ao tentar um armlock, Fabrício perdeu a posição onde estava por cima e passou a ficar embaixo no solo. No entanto, de forma rápida, o ex-campeão inverteu a posição e apostou mais uma vez no armlock, sem sucesso. O combate voltou a ficar em pé, mas o brasileiro não demorou a derrubar Alexey novamente. Apesar do domínio no último assalto, os árbitros decidiram por dar a vitória a Alexey Oleynik de forma dividida.

Vicente Luque volta a vencer americano em revanche

Vicente Luque e Niko Price começaram o duelo de forma equilibrada e buscando a trocação, com ambos trocando muitos chutes e socos. No primeiro round, o brasileiro vinha em leve vantagem, mas no minuto final, foi levado ao solo, tornando a luta ainda mais parelha. O segundo assalto começou com Luque aplicando mais chutes e com boas combinações de socos, mas Price voltou a igualar as ações no decorrer da parcial.

O terceiro e último round mostrou os atletas mais desgastados, mas a boa ação seguiu na luta em pé, com trocação franca. Já na parte final do assalto, o brasileiro conectou um belo golpe de esquerda que levou o americano ao solo. O soco atingiu o olho de Price, que foi atendido por um médico e não teve mais condições de continuar no combate, por conta do ferimento no local. Desta forma, Vicente saiu vencedor por nocaute técnico e se recuperou do revés para Stephen Thompson em sua última luta. Além disso, o brasiliense volta a vencer Niko, assim como aconteceu em 2017.

Outros destaques

O card preliminar do UFC 249 ainda contou com bons combates. Destaque, por exemplo, para a vitória dominante de Bryce Mitchell sobre Charles Rosa na decisão unânime dos jurados. Com isso, o americano, de 25 anos, manteve sua invencibilidade no MMA, agora com 13 vitórias. Além disso, o card teve os triunfos de Ryan Spann e Carla Esparza, que derrotaram Sam Alvey e Michelle Waterson, respectivamente.

RESULTADOS:

UFC 249
Jacksonville, na Flórida (EUA)
Sábado, 09 de maio de 2020

Card preliminar
Anthony Pettis derrotou Donald Cerrone por decisão unânime dos jurados
Alexey Oleynik derrotou Fabrício Werdum por decisão dividida dos jurados
Carla Esparza derrotou Michelle Waterson por decisão dividida dos jurados
Vicente Luque derrotou Niko Price por nocaute técnico (interrupção médica) no 3R
Bryce Mitchell derrotou Charles Rosa por decisão unânime dos jurados
Ryan Spann derrotou Sam Alvey por decisão unânime dos jurados

Veja também:

Pablo revela que negociou com o Fla em 2018

Lance!

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!