fbpx

Famosos se posicionam contra o presidente Jair Bolsonaro na web


O mundo das celebridades costuma ficar dividido e apesar de muitos se posicionarem frequentemente em assuntos políticos e serem conhecidos por tal, outras celebridades costumam ter uma postura mais reservada.


Porém, nas últimas semanas diversos famosos se posicionaram contra o presidente Jair Bolsonaro, como o movimento “Somos 70 por cento” por exemplo, usando as redes sociais para se colocarem contra o atual governo e suas ideias, e nós do OFuxico separamos algumas estrelas. Confira:


Felipe Neto


 


Talvez um dos casos mais famosos foi o posicionamento do youtuber Felipe Neto, que fez uma espécie de “vídeo-carta aberta para todos os artistas e influenciadores do Brasil”, criticando aqueles que estão isentos às atitudes do presidente em um vídeo de dois minutos no Twitter.


“Acabou a passada de pano. Influenciador que não se manifesta agora é cúmplice. Na época das eleições, quando era PT contra Bolsonaro, eu entendi quando o pessoal ficou calado. E o pessoal foi ficando calado. Cantores, artistas, grandes youtubers, grandes instagramers… calados. Só que aí acabou a tolerância. No momento que ele vai numa manifestação que pede o fechamento do STF e Congresso Nacional, que pede o AI-5 e grita no palanque, acabou a passada de pano”, disse.


“Pra mim é uma cambada de covarde que tá mais preocupada com a quantidade de seguidores e dinheiro que ganha do que com o futuro da sua pátria, nação e da sua própria liberdade. Acho que vocês sabem quem são esses influenciadores que ficam em cima do muro, que preferem a isenção a correr o risco de perder seguidores, a se posicionar contra o lunático no poder e perder a admiração daqueles 30% da população brasileira que continua fiel a essa loucura. Prefiro me cercar dos outros 70% do que me calar tentando manter os 100%. Isso é muito mais digno e menos covarde. Como influenciador, uma pessoa com grande alcance, é minha função lutar pela liberdade de expressão, pelo estado laico”, concluiu.


Alceu Valença


 


Alceu Valença é um dos maiores artistas do Brasil, quando o assunto é música. Porém, também é bastante politizado, quando necessário. Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, ele falou do momento em que vivemos e criticou a postura de Jair Bolsonaro, diante da pandemia do coronavírus.


“Estamos passando por essa pandemia e eu faço tudo ao contrário do que o presidente manda. Quando ele fala pra ir para a rua, eu não, eu fico dentro de casa. É gripezinha? Não, a gripe é forte. Tem muita gente morrendo”, disparou.


Lima Duarte


 


Tendo completado 90 anos em março, Lima Duarte se sentiu bastante ofendido por achar que Bolsonaro não se importa com os idosos do País.


Em conversa com o Extra, ele definiu o discurso como ‘trágico’ e comentou sobre o que sentiu ao ouvi-lo, discordando da mensagem transmitida por Bolsonaro.


“O discurso dele é uma coisa trágica para mim. Ele quer dizer: ‘deixe o velho morrer’. Os jovens estão bem, os meninos estão bem, então, deixa o velho morrer. Ele quer salvar a economia a murros, a facadas, a tiros. Ele só quer o confronto. Conforme ele ia falando, eu pensava: ‘ih, ele está falando comigo. Ele quer que eu morra!’. É isso que ele está dizendo para mim e para todos os velhos desse país, que velho não importa. Difícil, né?”, desabafou ele. 


Xuxa Meneghel


 


Se teve um caso que ganhou grande repercussão após um posicionamento contra Jair Bolsonaro foi o de Xuxa Meneghel no último final de semana.


Com uma imagem de 1998, vestida de verde, amarelo, azul e branco, e com a bandeira do Brasil desenhada na barriga – à época grávida de Sasha – Xuxa usou suas redes sociais no sábado (30) para se posicionar contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.


A apresentadora da Record TV postou um vídeo no qual ficou evidente sua esperança por dias melhores no país.


“Estamos chegando!”, diz ela, no extinto programa Planeta Xuxa.


Com a postagem, a loura endossou seu apoio à campanha #somos70porcento criada pelo economista Eduardo Moreira, em referência a última pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, que entrevistou 2.069 pessoas. Em seus posts no Twitter, Moreira relata que 70% rejeitam aproximação ao Centrão (Datafolha); 70% acham Bolsonaro Péssimo/Ruim/Regular; 70% apoiam medidas de isolamento.


“Mais de 70% sabem que a terra é redonda #Somos70porcento. O problema do Brasil é que os 70% se sentem como 30% e os 30% como 70%. É hora de agir com coragem”, escreveu ele no Twitter.


Daniela Mercury


 


Daniela Mercury faz parte do grupo de celebridades que frequentemente deixa expressa publicamente sua opinião e pensamentos a respeito do que está acontecendo.


Apesar de já ter se mostrado várias vezes contrárias a Jair Bolsonaro, há aproximadamente seis dias ela fez uma crítica à postura do político em relação ao meio ambiente, incluindo também o ministro do tema, Ricardo Salles.


“Cada vez que revejo me choco mais! #repost @342amazonia Absurdo! O ministro Ricardo Salles chama a Pandemia de grande oportunidade e revela o plano do Governo Bolsonaro para destruir a Amazônia. #342Amazonia #ForaSalles #ForaBolsonaro”, escreveu na legenda que acompanha um vídeo


Túlio Gadêlha


 


Túlio Gadêlha usou seu Instagram para dar uma alfinetada no presidente Jair Bolsonaro. Nesta terça-feira (2), o namorado de Fátima Bernardes ironizou a alta taxa de desaprovação que o governo recebeu em uma pesquisa recente do Datafolha.


Segundo o gráfico, 50% dos entrevistados avaliaram o desempenho de Bolsonaro durante a pandemia como ruim ou péssimo no último dia 26 de maio.


Essa taxa teve um crescimento de 17% desde o início da quarentena no Brasil em março e superou o índice de quem o acha bom/ótimo calculado durante todos os três meses, que teve seu máximo em 35% durante todo esse tempo. 


“Para metade dos brasileiros, o mito virou uma realidade triste e decepcionante”, dizia o texto que acompanhava a imagem da pesquisa.


O post logo teve mais de 11 mil curtidas e muitos comentários concordando com o que foi dito, mas muitos outros também foram criticá-lo e defender o presidente.


Movimento/Manifesto Estamos Juntos


 


Outro movimento/manifesto que ganhou força no último final de semana foi o #EstamosJuntos, que apesar de não se restringir a um grupo da sociedade, contém a presença de muitos famosos.


“Somos a maioria e exigimos que nossos representantes e lideranças políticas exerçam com afinco e dignidade seu papel diante da devastadora crise sanitária, política e econômica que atravessa o país”, afirma um trecho do manifesto.


Entre as celebridades que assinaram, podemos citar: Luciano Huck, Adriana Esteves, Marcelo Serrado, Alice Braga, Mauro Mendonça Filho, Vladmir Britcha, Wagner Moura, Eliane Giardini, Malu Mader, entre outros, que você pode conferir clicando aqui.


O que você achou dos posicionamentos dos famosos citados?


Dr. Rey sobre ser Ministro da Saúde: ‘Tenho capacidade’

Zezé di Camargo defende Bolsonaro: ‘Votei e votaria nele de novo’

William Bonner é alvo de intimidação. Globo divulga nota

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.7”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!