fbpx

Ferraz de Vasconcelos SP confirma novo concurso para Guarda Municipal

Na Grande São Paulo, a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos prepara novo concurso para Guarda Municipal. A oferta será para ingresso de homens e mulheres na corporação. O número de vagas, escolaridade e salários, porém, ainda não foram revelados.

A boa notícia é que os trâmites para o novo edital estão em estágio avançado. A Fundação Vunesp, por exemplo, foi escolhida como banca organizadora da seleção. A dispensa de licitação foi publicada no Diário Oficial do Estado de 8 de maio.

O próximo passo será a assinatura contratual entre a prefeitura e a banca. Assim, a Fundação Vunesp ganhará o direito de receber as inscrições do concurso Guarda de Ferraz de Vasconcelos SP. Além de planejar e aplicar as etapas, como provas objetivas.  

Guarda Municipal de Ferraz de Vasconcelos SP terá novo concurso
público (Foto: Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos)

As partes ainda devem definir o cronograma de inscrição e provas. A pandemia do Coronavírus deve ser levada em consideração, diante das orientações do Ministério da Saúde de distanciamento social.

Resumo concurso Ferraz de Vasconcelos SP:

  • Órgão: Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos
  • Cargo: Guarda Municipal feminino e masculino
  • Salário: não informado
  • Requisito: não revelado
  • Banca: Fundação Vunesp
     

O município de Ferraz de Vasconcelos, a cerca de 27 km de São Paulo capital, também realizará um novo processo seletivo para agente comunitário de saúde. Nesse caso, o Instituto Mais de Gestão e Desenvolvimento Social será a banca organizadora.

A dispensa de licitação também foi divulgada no Diário Oficial do Estado de 8 de maio. A próxima etapa será a assinatura do contrato para formalização dos serviços. O número de vagas, remunerações e escolaridade não foram informados.

+ Quer passar em concursos públicos? Saiba como!

Último concurso Ferraz de Vasconcelos SP teve 222 vagas

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos realizou o último concurso público em 2018. A oferta foi de 222 vagas mais cadastro de reserva para área da Educação. As chances foram para carreiras dos níveis médio e superior.

O destaque do concurso foi o cargo auxiliar de creche, que exigiu apenas o nível médio. O vencimento inicial da carreira, na época, era de R$1.312,43 para carga de 40 horas por semana. Ao todo, foram 60 vagas disponíveis. 

As demais 162 oportunidades foram para o nível superior no cargo de professor de educação básica em várias especialidades. Os salários eram de R$2.342,16 para 30 horas por semana. Confira a distribuição das vagas:

  • Educação básica I – 100 vagas;
  • Arte – 20 vagas;
  • Ciências – duas vagas;
  • Educação Física – dez vagas;
  • Geografia – duas vagas;
  • História – duas vagas;
  • Inglês – duas vagas;
  • Português – duas vagas;
  • Matemática – duas vagas;
  • Educação especial – 20 vagas;
     

A banca organizadora também foi a Fundação Vunesp. Os concorrentes foram avaliados por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. O exame foi composto por 50 (auxiliar) ou 60 questões (professor).

No caso de auxiliar de creche, foram cobrados Conhecimentos Gerais (Português, Matemática, Atualidades e Noções de Informática) e Conhecimentos Específicos. Já para professor da Educação Básica I, as perguntas foram sobre Português, Matemática, Conhecimentos Pedagógicos e Legislação. 

Os demais candidatos responderam sobre Conhecimentos Específicos de cada área, além de Português, Conhecimentos Pedagógicos e Legislação. Os habilitados de nível superior ainda foram submetidos a análise de títulos.

A contratação dos aprovados ocorreu pelo regime estatutário. Isto é, que garante a estabilidade empregatícia dos servidores.


Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!