Fim do TED e DOC? BC criará sistema para substituir transferências

Uma nova mudança é aguardada do Banco Central (BC), referente aos modos de pagamento. A notícia é que há avanças no desenvolvimento de um novo modo de pagamentos instantâneos, que deverá substituir os métodos TED e DOC de transferência. Com ele, a operação bancária será mais rápida, barata e funcionará 24 horas por dia devido sua tecnologia.

Atualmente, as dois modos mais comuns de transferência entre instituições bancárias é a Transferência Eletrônica Disponível (TED) e o Documento de Ordem de Crédito (DOC). Com o DOC, o consumidor consegue transferir valor de até R$ 4.999,99 com até um dia útil de prazo para a realização da transferência. Em relação ao TED, não há limite de transação e os recursos são enviados ao destinatário dentro de alguns minutos. Contudo, ambas as operações só funcionam em dias úteis, entre as 6h30 às 17h.

A nova tecnologia vem com o intuito de facilitar a vida financeira dos consumidores brasileiros, além de maximizar ganhos e diminuir o tempo e processos feitos para a realização de transferências entre contas bancárias.

Como irá funcionar

De acordo com o Banco Central, o novo método será centralizado e funcionará 24 horas por dia, em todos os dias do ano. Em relação as operações de transferência, elas poderão ser realizadas diretamente do celular, por meio de um “código único de identificação”, semelhante a um QR Code.

O menor custo ao recebedor será gerado devido a diminuição da quantidade de intermediários, fazendo com que a operação seja mais barata em relação aos demais modos de pagamento. Os estabelecimentos comerciais precisarão ter apenas um código de identificação para que seus clientes realizem o pagamento. Para isso, será preciso apenas realizar a leitura do código com os smartphones para realizar o pagamento.

Sendo assim, o código conterá todas as informações necessárias para que o pagamento seja feito de modo instantâneo, sem a necessidade de passar cartões ou levar consigo dinheiro físico.

Segundo o BC, o novo modelo é ideal para o surgimento de fintechs que criem soluções inovadoras para facilitar as transações de pagamento para ambas as partes, tanto para os recebedores quanto para pagadores. Além disso, essas mesmas fintechs poderão ofertar demais serviços, como oferta de seguros, investimentos, pagamento de tributos, empréstimos, entre outros.

Confira: Bacen divulga documento que reconhece Bitcoin e criptomoedas como bens.


Fonte: Edital Concursos Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: