fbpx

Fique por dentro – Atualidades do Mercado Financeiro – Banco do Brasil

Atualidades do Mercado Financeiro para o Concurso do Banco do Brasil – matéria em alta e com fortes tendências para estar na prova discursiva.

O Concurso do Banco do Brasil está chegando e, nessa reta final pós edital, nada melhor do que ter um planejamento de estudos eficaz.

Nesse artigo, vamos tratar da disciplina Atualidades do Mercado Financeiro, prevista no edital do concurso no bloco de Conhecimentos Básicos e que está deixando muita gente preocupada, pois não é tão comum sua cobrança em concursos em geral, portanto, não há parâmetro para mensurar a incidência dos tópicos.

Antes de tudo, vamos fazer uma rápida análise quantitativa das demais disciplinas que estarão em sua prova para o cargo de Escriturário – Agente Comercial.

Concurso Banco do Brasil – DISCIPLINAS

dados gerais da prova objetiva
Concurso Banco do Brasil - RETA FINAL
Dados gerais da Prova Objetiva

A prova objetiva é dividida em Conhecimentos Básicos e Específicos. A parte de conhecimentos básicos contará com as seguintes disciplinas: 

Conhecimentos Básicos
Concurso Banco do Brasil - RETA FINAL
Conhecimentos Básicos

As demais questões serão de conhecimento específico:

Conhecimentos Específicos para o cargo de Agente Comercial
Conhecimentos Específicos para o cargo de Agente Comercial

Com as tabelas acima, pode-se perceber que a disciplina de Atualidades do Mercado Financeiro está inserida nos Conhecimentos Básicos e corresponde a 5 das 70 questões da prova, ou seja, pouco mais de 7% da prova.

Por outro lado, juntamente com Língua Inglesa, Atualidades do Mercado Financeiro possui o menor peso: 1,0. Contudo, essas cinco questões são relevantes para sua prova, pois totalizarão 5 pontos que poderão fazer toda a diferença.

Veja o gráfico percentual das disciplinas conforme a pontuação:

Concurso Banco do Brasil - RETA FINAL
Atualidades do Mercado Financeiro é uma disciplina que corresponderá a 5 dos 100 pontos da prova.

Como é a disciplina de menor pontuação, focar nos pontos principais na hora do estudo para sobrar tempo para as disciplinas mais incidentes é fundamental na reta final.

Por isso, nesse artigo, traremos a você alguns conceitos essenciais extraídos das aulas de nossos Professores do Estratégia, para que seja possível ter uma noção desse conteúdo tão em alta hoje em dia, principalmente quando se trata da área bancária.

Além disso, tenha em mente que tal conteúdo possui altíssimas chances de ser tema da prova discursiva, então, atenção redobrada!

Atualidades do Mercado Financeiro: EDITAL

A CESGRANRIO, banca organizadora do concurso do Banco do Brasil, costumava cobrar simplesmente o tema “Atualidades” nos concursos anteriores. No entanto, no edital atual, ela trouxe a disciplina de forma bem mais específica, ao tratar apenas do Mercado Financeiro.

Isso é positivo, porque reduz – e muito – a abrangência do tema. Confira o edital:

ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO:

  1. Os bancos na Era Digital: Atualidade, tendências e desafios.
  2. Internet banking.
  3. Mobile banking.
  4. Open banking.
  5. Novos modelos de negócios.
  6. Fintechs, startups e big techs.
  7. Sistema de bancos-sombra (Shadow banking).
  8. Funções da moeda.
  9. O dinheiro na era digital: blockchain, bitcoin e demais criptomoedas.
  10. Marketplace.
  11. Correspondentes bancários.
  12. Arranjos de pagamentos.
  13. Sistema de pagamentos instantâneos (PIX).
  14. Segmentação e interações digitais.
  15. Transformação digital no Sistema Financeiro.

De fato, por serem temas muito recentes, não há histórico de cobrança em provas anteriores de grande parte deles para que seja possível fazer uma análise estatística pormenorizada.

De qualquer forma, a equipe de Professores do Estratégia, em seus materiais de revisão, como o Bizu Estratégico e o Passo Estratégico, puderam nos mostrar quais os temas mais relevantes dessa disciplina, que aparecerá em 5 questões de sua prova.

A seguir, confira alguns deles!

Atualidades do Mercado Financeiro: SISTEMA MONETÁRIO

O Sistema Monetário de um determinado país consiste nas instituições e regras cujo objetivo é conceder eficiência nas transações econômicas, além de possibilitar ao país o controle da política monetária. Ele é composto pela Autoridade Monetária (Banco Central) e pelas Instituições Financeiras Bancárias (resumidas como Bancos Comerciais).

O Banco Central possui total controle sobre a base monetária pois possui monopólio na emissão de moeda, além de ser capaz de realizar outras operações que determinam a base monetária. Os Bancos Comerciais, por sua vez, por meio do processo de multiplicação de moeda, multiplicam a base monetária no total de moeda em circulação na economia.

MOEDA

A moeda é toda forma de ativos financeiros utilizados como meio de troca nas transações econômicas.

Assim, o meio de troca é a principal característica da moeda, pois sua utilização possibilita reduzir os custos de transação, eliminando a necessidade de desejos mútuos para a realização de negócios.

Outra característica da moeda é a unidade de conta, que é o denominador comum na cotação do valor dos bens e serviços transacionados. A unidade de troca permite apurar o valor relativo dos bens.

A moeda pode perder a função em períodos de grande inflação. Já em períodos inflacionários, a moeda perde a função de unidade de conta.

No Brasil, a dissociação entre meio de troca e unidade de conta ocorreu na adoção do Plano Real.

Reserva de Valor é a característica que possibilita à moeda render juros e efetivar transações dentro do ambiente intertemporal.

No limite, caso a moeda perca toda a credibilidade e, portanto, suas funções, o país pode escolher outra moeda para realizar as transações. É o caso, por exemplo, de países cuja inflação atingiu valores elevados e que escolheram o dólar como meio de troca, unidade de conta e reserva de valor (processo chamado de dolarização).

Moedas de curso forçado: são aquelas que não possuem ativo como lastro (moeda fiduciária). O valor é derivado da confiança que a moeda exprime, como por exemplo o dólar (US$) e o real (R$).

O que diferencia estas formas de moeda é a liquidez e seus emissores. Já o Banco Central define os agregados monetários de acordo com o sistema emissor.

PAPEL-MOEDA

As transações no mundo são realizadas, em sua maioria, por papel-moeda sem qualquer lastro, já denominadas de curso de forçado. A fonte de confiança na liquidação das transações é a credibilidade do governo central.

O papel-moeda é dividido em 3 espécies:

  • Papel-moeda emitido: total de moeda emitido pela Autoridade Monetária, que pode se encontrar no caixa da Autoridade Monetária ou em circulação pelo setor privado bancário ou não bancário.
  • Papel-moeda em circulação: é o total de moeda em circulação na economia, ou seja, quantidade de moeda emitida no caixa da Autoridade Monetária.
  • Papel-moeda em poder do público – corresponde ao total de papel-moeda emitido que se encontra em poder do público não financeiro, isto é, que não esteja em poder da autoridade monetária ou dos bancos comerciais.

Atualidades do Mercado Financeiro: AGÊNCIAS DIGITAIS

ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO
BANCO DIGITALIZADO X BANCO DIGITAL

MOBILE BANKING

O acesso ao mobile bank acontece, necessariamente, por meio do smartphone ou Tablet, notoriamente por meio de aplicativos. O mobile banking não fornece apenas maior comodidade, como, também, proporciona um novo tipo de contato do consumidor com seu banco: mais frequente, mais prático e, principalmente, mais cômodo.

Por meio do analytics, busca-se entender o padrão de comportamento do consumidor e, para tanto, os bancos passam a investir em inteligência artificial: uma tecnologia que aprende o que você faz.

OPEN BANKING

O Open Banking é um sistema que possibilita aos clientes de produtos ou serviços financeiros o compartilhamento de informações entre diferentes instituições e a movimentação de suas contas a partir de outras plataformas, e não apenas pelo aplicativo do site ou banco.

É um compartilhamento padronizado de dados, produtos e serviços por meio de abertura e integração de sistemas, com o uso de interface própria para essa finalidade.

Atualidades do Mercado Financeiro: STARTUPS

A Startup é uma organização, geralmente em estágio inicial, com modelo inovador, em negócio repetível e escalável e sob condições de incerteza. Desta definição podemos extrair as seguintes características da Startup:

  • Repetível – entregar o mesmo produto em escala potencialmente ilimitada.
  • Escalável – possibilidade de crescimento significativo sem que haja necessidade de se alterar o modelo de negócio.

Unicórnios são Startups que se tornaram grandes empresas, com valor de mercado igual ou
superior a US$ 1 bilhão.

Investidor-anjo é o investidor que não é considerado sócio nem tem qualquer direito a gerência ou a voto na administração da empresa, não responde por qualquer obrigação da empresa e é remunerado por seus aportes.

Não se limita a negócios digitais, mas estão associadas à tecnologia e/ou à inovação.

Público alvo das Startups:

  • B2B (Business to Business) – são negócios destinados a atender outras empresas.
  • B2C (Business to Consumer) – destinados a atender o consumidor final.
  • B2B2C (Business to Business and to Consumer) – atende tanto as empresas quanto os consumidores finais, geralmente realizando a intermediação.

Atualidades do Mercado Financeiro: CONCLUSÃO

Pois bem. Nesse artigo, apresentamos uma pequena amostra dos temas em destaque na disciplina de Atualidades do Mercado Financeiro para o concurso do Banco do Brasil. São relevantes tanto pela sua alta incidência em provas, como os tópicos que tratam do Sistema Monetário e Características da Moeda, como também pelos assuntos em alta, como as Startups e o Open Banking.

Vale ressaltar que o aluno interessado na aprovação no certame necessitará cumprir dois objetivos principais: compreender a matéria e saber resolver as questões, pois de nada irá adiantar saber tudo sobre Mercado Financeiro, mas não ter prática na resolução de questões.

Afinal, o que importa é pontuar o máximo possível na prova!

Mas como resolver questões se foi dito que é um assunto não muito recorrente? SIMPLES.

Nossos materiais são turbinados com questões inéditas, bem como oriundas de outros concursos sobre o assunto. Além disso, você poderá acessar nosso Sistema de Questões, que possui um banco com mais de 2,5 milhões de questões de concursos!

Conte conosco para sua aprovação.

Assim, espero tê-lo ajudado. Um abraço.

Heloísa Tondinelli

Cursos Completos para o Concurso do Banco do Brasil

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2021

mais de 17 mil vagas

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais