Fique por dentro – autorizado estudos para novo edital

Os membros do Tribunal Regional do Trabalho da da 22ª Região (concurso TRT 22) autorizaram os estudos para um novo certame. O órgão não realiza concurso há 10 anos.

A desembargadora e presidente do TRT 22, Liana Ferraz de Carvalho, foi quem apresentou o pedido de realização do concurso TRT 22, que foi aprovado por unanimidade em sessão no dia 8 de março.

De acordo com uma publicação no Diário de Justiça do Trabalho, de 17 de fevereiro de 2022, quando do julgamento do Processo Nº CSJT-PP-0003651-78.2021.5.90.0000, o Conselho Superior da Justiça Trabalhista acolheu, por unanimidade, o pedido para a redistribuição de 51 cargos vagos para o Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região, localizado no estado do Piauí (concurso TRT 22).

Isso significa que, dentre os cargos vagos em todos os Tribunais do Trabalho, 51 serão reservados para o concurso TRT 22, para que sejam preenchidos por novos servidores em um novo certame, que pode ocorrer em breve.

  • Concurso TRT 22
  • Status: estudos para novo edital autorizado
  • Banca: a definir
  • Vagas: a definir
  • Salário inicial: R$ 7.591,3 a R$ 12.455,30
  • Edital TRT PI 2010

O provimento das novas vagas, contudo, ainda depende de disponibilizada orçamentária. Caso ela impossibilite um novo edital, há a possibilidade de aproveitamento de candidatos aprovados em algum concurso TRT de outra região.

O último concurso TRT 22 foi realizado em 2010 pelo Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (Piauí) e teve nomeações entre 2011 e 2015. Na ocasião, foram ofertadas 9 vagas imediatas mais cadastro reserva para os cargos de Técnico e Analista Judiciário, que exigem nível médio e superior.

Por isso, reunimos neste artigo as principais informações sobre o órgão e seu último edital, como remuneração, requisitos, etapas do concurso, entre outros.

Situação atual do concurso TRT 22

O Tribunal Regional do Trabalho da da 22ª Região autorizou, de forma unanime, estudos para realização do concurso TRT 22. A autorização aconteceu após pedido de realização do concurso pela desembargadora e presidente órgão, Liana Ferraz de Carvalho.

A autorização não permite, ainda, que o edital do certame seja publicado. Para iniciar de fato os trâmites legais é necessária a autorização do Conselho Superior de Justiça do Trabalho (CSJT).

O CSJT já aceitou uma solicitação de redistribuição de 51 vagas para o TRT PI, que poderão ser preenchidas por meio da realização do novo edital TRT 22 PI.

O órgão dispõe de 124 Analistas e 218 Técnicos. Segundo este levantamento mais recente, dos 5 cargos vagos no quadro de servidores, 3 se dão na carreira de Analista e 2 na de Técnico Judiciário.

Cargo Ativos Vagos Total
Analista 121 3 124
Técnico 216 2 218
Auxiliar 1 0 1

Carreira no TRT 22

Remuneração e benefícios do concurso TRT 22

A remuneração dos Tribunais Regionais do Trabalho é composta pelo vencimento básico mais a Gratificação de Atividades Judiciárias (GAJ). É possível ainda que outras gratificações sejam adicionadas conforme o cargo, como por exemplo a Gratificação para Atividade de Segurança (GAS).

Abaixo você confere a remuneração (já acrescida da GAJ) no primeiro e último nível e classe:

Analista Judiciário:

  • Inicial: R$ 12.455,30
  • Final: R$ 18.701,52‬

Técnico Judiciário:

  • Inicial: R$ 7.591,37
  • Final: R$ 11.398,39

Assistente Judiciário:

  • Inicial: R$ 3.890,69
  • Final: R$ 6.750,56‬

Além do vencimento, os servidores também podem receber os seguintes benefícios assistenciais:

  • Auxílio-alimentação: R$ 910,08
  • Assistência pré-escolar: R$ 720,00
  • Auxílio-transporte: R$ 413,83
  • Exames periódicos
  • Assistência médica e odontológica

Requisitos dos cargos do concurso TRT 22

Analista Judiciário – Área Judiciária
Diploma de curso superior, em nível de graduação em Direito.

Analista Judiciário – Área Administrativa
Diploma de curso superior em qualquer área de formação.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Execução de Mandados
Diploma de curso superior, em nível de graduação em Direito.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação
Diploma de curso superior, em nível de graduação, na área de Informática, ou diploma de curso superior, em nível de graduação, em conjunto com certificado de curso de especialização com, no mínimo, 360 horas-aula na área de Informática.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação
Certificado de conclusão de ensino médio acrescido de curso com habilitação específica em Tecnologia da Informação com, no mínimo, 200 horas/aula, ou curso técnico na área de informática.

Atribuições dos cargos do concurso TRT 22

Analista Judiciário – Área Judiciária

  • Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres;
  • Proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer;
  • Fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal;
  • Inserir, atualizar e consultar informações em base de dados;
  • Verificar prazos processuais.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Execução de Mandados

  • Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido;
  • Executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado.

Analista Judiciário – Área Administrativa

  • Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria;
  • Emitir informações e pareceres;
  • Elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos;
  • Elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação;
  • Elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

  • Desenvolver projetos e sistemas de informática; documentar os sistemas;
  • Analisar e avaliar diagramas, estruturas e descrições de entradas e saídas de sistemas;
  • Sugerir as características e quantitativos de equipamentos necessários à utilização dos sistemas;
  • Analisar e avaliar as definições e documentação de arquivos, programas, rotinas de produção e testes de sistemas;
  • Identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas;
  • Planejar e coordenar as atividades de manutenção dos sistemas em operação;
  • Propor padrões e soluções para ambientes informatizados; elaborar pareceres técnicos.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

  • Executar atividades relacionadas ao desenvolvimento, teste, codificação, manutenção e documentação de programas e sistemas de informática;
  • Prestar suporte técnico e treinamento a usuários;
  • Elaborar páginas para internet e intranet;
  • Identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas;
  • Executar tarefas de operação, instalação e manutenção de equipamentos de informática;
  • Efetuar os procedimentos de cópia, transferência, armazenamento e recuperação de arquivos de dados;
  • Elaborar pareceres técnicos.

Técnico Judiciário – Área Administrativa

  • Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais;
  • Executar tarefas de apoio à atividade judiciária;
  • Arquivar documentos;
  • Efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos;
  • Atender ao público interno e externo;
  • Classificar e autuar processos;
  • Realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas.

Último concurso TRT 22

O último concurso TRT PI aconteceu em 2010 sob organização da Fundação Carlos Chagas, a FCC. Na ocasião foram ofertadas 09 vagas imediatas mais cadastro de reserva para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. Com o fim da validade, o certame foi prorrogado por mais dois anos, ficando vigente até 2015.

Apesar de ofertar poucas vagas, foram nomeados 121 candidatos, conforme é possível ver mais abaixo no tópico Nomeações.

Analista Judiciário

  • 01 + CR: Área Judiciária
  • 01 + CR: Especialidade Execução de Mandados
  • CR: Área Administrativa
  • 01 + CR: Especialidade Tecnologia da Informação

Técnico Judiciário

  • 04 + CR: Área Administrativa
  • 02 + CR: Especialidade Tecnologia da Informação

Etapas do concurso

Todos os candidatos realizaram uma prova objetiva com 60 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos básicos e específicos. Os candidatos aos cargos de Analista também realizaram uma prova discursiva (redação). Ambas as etapas foram de caráter eliminatório e classificatório.

Analista Judiciário

  • (P1) Prova Objetiva – Conhecimentos Gerais (20 questões, peso 1)
  • (P2) Prova Objetiva – Conhecimentos Específicos (40 questões, peso 3)
  • (P3) Discursiva – Redação (somente para Analista)

Técnico Judiciário

  • (P1) Prova Objetiva – Conhecimentos Gerais (20 questões, peso 1)
  • (P2) Prova Objetiva – Conhecimentos Específicos (40 questões, peso 2)

Conhecimentos Gerais

Apesar da possibilidade de variação quanto à abordagem e profundidade dos temas, as disciplinas exigidas a título de conhecimentos gerais foram as mesmas para todos os cargos e especialidades, quais sejam:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática e Raciocínio Lógico-matemático;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo.

Nomeações

Entre 2011 e 2015 foram nomeados no total 121 candidatos. Desses, somente 43 entraram em exercício no órgão. Os demais perderam o prazo para nomeação, desistiram da vaga ou até mesmo tomaram posse, mas pediram vacância.

Cargo/especialidade Nomeados Em exercício Desistência ou perda do prazo
Analista – Área Judiciária 5 3 2
Analista – Execução de Mandados 19 3 16
Analista – Área Administrativa 5 3 2
Analista – Especialidade T.I. 20 14 6
Técnico – Área Administrativa 53 17 36
Técnico – Especialidade T.I. 19 3 16
Total 121 43 78

Dicas e expectativas para o concurso TRT 22

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Assinatura ilimitada e cursos para o concurso TRT 22

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para TRT 22:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Assinatura Ilimitada

Assinatura Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

Sistema de Questões

Assinatura Ilimitada*

Estratégia Questões nasceu maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores. Clique no link e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

CONCURSOS TRIBUNAIS

Informações do último concurso TRT 22

Data: 2010
►Vagas:
09 + CR
►Cargos:
Analista e Técnico Judiciário
►Lotações:
Piauí
►Banca:
FCC
►Escolaridade:
Nível médio e superior

Edital: Edital TRT PI 2010

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta Cancelar resposta