fbpx

Fique por dentro – Como aumentar sua performance ao resolver exercícios

Conheça no artigo de hoje como aumentar sua performance ao resolver exercícios! O Professor Rafael Moreno deu várias dicas e trazemos elas para vocês aqui.

                E aí pessoal, como estão? No post de hoje, vamos falar sobre como usar exercícios para melhorar sua performance em simulados e provas, seguindo as técnicas ensinadas pelo Prof. Rafael Moreno, lá no canal do Estratégia no Youtube. Rafael Moreno é Auditor Fiscal do estado do Rio de Janeiro e, como coach do Estratégia, ele separa o estudo em três movimentos e explica como resolver exercícios em cada um desses movimentos, para melhor avançar a compreensão de conteúdo, seja você um estudante iniciante, intermediário ou avançado.

Melhore seu desempenho em Simulados e, principalmente, em provas.

Veja o vídeo da monitoria para quem está desempregado e quer aumentar sua performance ao resolver exercícios:

Primeiro movimento para aumentar sua performance ao resolver exercícios

                O que o Prof. Rafael Moreno chama de primeiro movimento de resolução de exercícios é quando são usados para a compreensão do conteúdo. É o momento em que você está estudando o conteúdo pela primeira vez e, no PDF, o professor inclui uma questão para ajudar a compreender o tema. Nesse primeiro momento, o aluno não precisa se preocupar com tempo ou performance. A questão só está ali como forma de aprofundar o entendimento e exemplificar como ele pode ser cobrado em prova.

                Nesse momento, não exija muito de si mesmo, encare como parte do entendimento. Mas, se você errar todas as questões, significa que precisa estudar mais o conteúdo, que ainda falta alguma compreensão.

                Nesse segundo movimento, a resolução de exercícios passa a ser muito mais importante. Agora, você já conhece o conteúdo e as questões fazem parte do ciclo de revisões, servindo para relembrar o que você estudou semana passada ou mês passado. Nessa etapa dos estudos, é importante ter um caderno de questões para cada assunto e alterná-los de maneira regular, tendo um cronograma de assuntos a serem revisados.

                Use exercícios como forma de testas seu conhecimento e ver em que áreas precisa melhorar. Contabilize as questões que errou em cada assunto, buscando incluir todos os conteúdos, mesmo os mais básicos que estudou no início (como, por exemplo, princípios administrativos), para não correr o risco de esquecer com o passar do tempo. Assim, você consegue averiguar sua percentagem de acertos em cada assunto. Se acertar mais de 70%, significa que você entendeu o conteúdo, se acertar menos, significa que você precisa reler o assunto.

                Segundo o Professor Moreno, um dos erros mais comuns cometidos pelos alunos que ele auxilia é terminar de estudar um assunto e ir passando para o próximo, sem ter um ciclo de revisões. Dessa forma, você acaba esquecendo tudo o que estudou com o passar do tempo. Mesmo as questões fáceis podem se tornar difíceis se você não tiver visto o conteúdo há meses.

                Por isso é muito importante fazer um rodízio de assuntos na hora da revisão, ter uma rotina, um cronograma, um ciclo de revisões. É indispensável ter rotina e não negligenciar nenhum conteúdo, pois cada vez que você faz o esforço mental para relembrar um assunto, mesmo errando as questões, você cria conexões no seu cérebro e, cada vez que precisar lembrar, ficará mais fácil de resgatar essa informação. É uma trilha mental de esquecimento e lembrança; quanto mais se usa, melhor ela fica.

Mas os exercícios não servem apenas pare revisar o conteúdo passado; nesse momento de estudo eles podem ajudar a medir seus resultados e informar que áreas precisam de mais reforço. Para fazer essa medição, tenha um acervo grande de questões, para que possa averiguar seus resultados em diferentes tópicos dentro de cada matéria. Assim, destrinche os cadernos de questões por tópicos e, depois de resolver os exercícios, meça seus acertos e erros. Dessa forma pode não apenas saber que áreas precisam de mais estudo, mas também vai ver seu avanço, conforme acerta mais e mais questões.

A sugestão do coach Moreno para fazer o rodízio de questões é fazer dois dias cadernos específicos e, no terceiro dia, um caderno geral, com tudo. Dessa forma, você consegue aprofundar e afunilar e, depois, resgatar todos aqueles temas que possam estar se perdendo na memória.

A revisão é nada menos que um processo de gestão de tempo, no qual saber organizar seu conteúdo de estudos melhora sua performance, tanto em assuntos cobertos quanto em assuntos memorizados. Crie seu próprio acervo; salve os cadernos, edite, adicione questões e use-as para identificar suas vulnerabilidades. O mais importante nessa etapa é a proatividade, perceber suas vulnerabilidades e reagir.

Terceiro Movimento

                Essa é a etapa de muito exercício. O aluno quando começa a estudar, normalmente estuda muita teoria e faz poucos exercícios e, com o passar do tempo, conforme vai dominando os conteúdos, passa a inverter cada vez mais essa balança. Aqueles em reta final, normalmente, têm seu horário de estudo tomado 80% por exercícios e uns 20% de teoria, essa sendo só “apagando incêndio”, só os assuntos em que ele se sente mais vulnerável.

                A dica do Professor Moreno é dividir os estudos diários em blocos de quatro horas, uma para estudo teórico e três horas para exercícios. Essa uma hora de teoria, separe para aquelas matérias onde está mais fraco, suas vulnerabilidades, ou então as mais importantes para a prova. Nas outras três horas, resolva cadernos de questão. Para não ficar maçante e também criar um senso de urgência, deixando o estudo mais dinâmico, separe meia hora para cada assunto, estudando seis matérias nessas três horas. Para o aluno se diferenciar, ele tem que fazer milhares de questões; só assim ele consegue cobrir todos aqueles pequenos tópicos que não caem no PDF.

Dicas Finais para aumentar sua performance ao resolver exercícios –

                Use seus estudos, e a resolução de exercícios, para se conhecer, para averiguar suas dificuldades e não tenha medo de voltar para à teoria ou buscar videoaulas quando achar que precisa de um reforço em algum assunto. Aprenda a contabilizar seus erros; assim, você consegue ver o que precisa estudar mais.

                Tenha um cronograma de assuntos para revisão, para não deixar nada para trás. Organize seu tempo e faça um “giro” de assuntos estudados. Dessa forma, seu tempo de estudo fica mais dinâmico e você mantêm todos os conteúdos na memória.

                No momento que souber qual a sua banca, largue todas os outros exercícios e resolva só as questões da banca da sua prova. Só assim você consegue se familiarizar com os entendimentos e posicionamentos da banca. Por exemplo, algumas bancas podem ser mais pró-polícia ou pró-cidadão, ou podem seguir doutrinas ou interpretações diferentes da lei.

                A maioria da perda de informação do cérebro se dá nas 24 horas após o aprendizado. Por isso, faça um caderno de erros, com as questões que não conseguiu responder, para resolver no dia seguinte.

Finalmente, faça muitos exercícios todos os dias, misture e alterne os conteúdos para não cair no marasmo, tenha cadernos de questões com vários tópicos e resolva muitos (mas muitos mesmo) exercícios.

Gostou da monitoria sobre como aumentar sua performance ao resolver exercícios? Então de o like no artigo aqui no fim.


Assinatura Anual Ilimitada

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!