fbpx

Fique por dentro – DAQUI A POUCO OU DAQUI HÁ POUCO: VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

Daqui a pouco ou daqui há pouco?

A língua portuguesa é linda, mas está longe de ser simples, já que rica em detalhes, tal como os que vamos explicar aqui.

São duas expressões completamente diferentes em seus sentidos, mas idênticas no som. Enquanto uma indica o tempo presente, a outra pode indicar o tempo passado ou, ainda, a existência de algo. Vamos ver!

HÁ OU A

O uso da preposição “a” e do verbo “haver” pode causar certa dificuldade a algumas pessoas, mas ao final deste artigo você não será uma delas.

O “há” é verbo haver, que indicará tempo passado ou a existência de algo. Assim, se estamos falando de algo que passou ou que existe, vamos utilizar “há”, para todo o resto, “a”.

Vejamos:

  1. Há 10 anos eu não vejo meu amigo.
  2. Há muitas folhas no quintal.
  3. O colégio fica a 10 minutos da minha casa.

Enquanto no exemplo 1, com ideia de tempo, o autor olha do presente para o passado para dizer que faz 10 anos que não vê seu amigo, no exemplo 2 o há tem a ideia de existência e não de tempo

Outrossim, no exemplo 3, a ideia é dizer que, olhando a partir da casa do autor. Dessa forma, o autor dá a ideia do tempo que se levará para chegar ao colégio se você partir da casa dele.

DAQUI

Antes de analisarmos as diferenças nas expressões, vamos entender a palavra em referência no subtítulo.

Ela é a união entre a preposição “de” e o advérbio “aqui”. Assim, já é possível perceber que estamos falando de algo que está no local de onde se fala (aqui) ou de algo que está no presente, mas olha para o futuro, certo?

Dessa forma, pode indicar um ponto de partida ou, simplesmente, algo que está “aqui”.

Exemplos:

Eu vou me comportar melhor daqui para frente;

Eu tiro todas as questões daqui do meu material;

São 5 minutos daqui até a escola.

DAQUI A POUCO

Já sabendo o sentido de “daqui”, bem como que “a” nunca indicará situação passada, percebemos que a expressão “daqui a” indica algo se movimenta para frente, que dá início a alguma coisa a partir de um determinado ponto, que olha para o futuro.

Assim, é possível perceber que “daqui a pouco” significa que algo que está aqui se direciona ao futuro e, por ser em pequena quantidade de tempo (pouco, certo?), logo chegará.

Destarte, podemos dizer que “daqui a pouco você entenderá todas as diferenças” ou que “daqui a pouco você chegará ao seu destino”.

DAQUI HÁ POUCO (“HÁ” COM IDEIA DE TEMPO)

Como vimos que “há” quando tiver ideia de tempo indicará tempo passado e que “daqui” indica algo que parte do “aqui” para frente, fica claro que nunca existirá “daqui há pouco” com ideia de tempo, certo?

Dessa forma, se o desejo é se referir ao que passou, utilizaremos o verbo haver, mas nunca associado ao “daqui”, por ser absolutamente impróprio e incoerente.

Nesse passo, podemos dizer, por exemplo:

Ainda há pouco chegou a professora (veja, a professora chegou faz pouco tempo, algo que já aconteceu);

O filme começou há pouco (o filme iniciou faz pouco tempo);

Há 10 anos que não o vejo (olhando a partir de hoje, tem 10 anos que não o vejo).

DAQUI HÁ POUCO (“HÁ” COM IDEIA DE EXISTÊNCIA)

Como já falamos, o verbo haver também nos leva ao sentido de existir e é a única ideia com a qual o “daqui” consegue se unir.

A expressão “daqui há pouco” é de difícil aplicação, já que a maioria das vezes o “daqui” se refere a tempo. No entanto, quando nos referimos a algo que é pouco e existe no local da fala, podemos utilizar a expressão em debate, ou seja, podemos dizer que aqui existe algo que é pouco.

Exemplos:

Para a mudança, daqui há pouco a ser levado (de onde estou existe pouco a ser levado na mudança);

Daqui há pouco a ser doado (de onde estou existe pouco a ser doado);

Para a prova, daqui há pouco a ser estudado (do material que está comigo existe pouco a ser estudado para a prova).

QUESTÕES DE CONCURSOS

Para facilitarmos o entendimento do “daqui a pouco” e “daqui há pouco”, vamos fazer algumas questões de concursos.

Questão 1 – MPE SC – PROMOTOR DE JUSTIÇA – 2016

Examine as frases abaixo quanto ao emprego de a (preposição) e há (do verbo haver).

a) Estive em Brasília há poucos dias.

b) A reunião acontecerá daqui a pouco.

c) Aquele julgamento aconteceu há cerca de vinte anos.

d) Estive há pouco a um passo de perder a paciência.

Todas as frases estão gramaticalmente corretas.

(   ) Certo

(   ) Errado

Gabarito:

As frases estão gramaticalmente corretas.

Vejam: todas as frases exprimem a ideia de tempo e, nas letras “a”, “c” e “d”, o tempo é passado, ou seja, deve ser utilizado o verbo haver (“há”) para dizer que “faz tanto tempo que”.

No entanto, na letra “b” temos o “daqui” que já sabemos que se refere a algo que está aqui, mas olha para o futuro e não para o passado, certo? Assim, não podemos utilizar o verbo haver e será utilizada a preposição “a”.

Questão 2 – FIOCRUZ – TÉCNICO EM SAÚDE PÚBLICA – 2016

Das frases abaixo, está INCORRETA, por se ter empregado o verbo “haver” no lugar da preposição “a”, ou vice-versa, a seguinte:

A – Sabia-se que as conclusões da pesquisa só ficariam prontas daqui a 5 anos.

B – Pelo menos, há 3 anos a pesquisa está parada.

C – Os pesquisadores estavam há 2 anos de concluírem a nova descoberta.

D – Daqui a poucos meses, as conclusões serão divulgadas.

E – Os cientistas alertam para os riscos da poluição há muitos anos.

Gabarito:

Vamos analisar as frases uma a uma para que não reste qualquer dúvida:

  1. Sabia-se que as conclusões da pesquisa só ficariam prontas daqui a 5 anos.

Aqui o “a” está corretamente aplicado, já que temos o “daqui” e ele olha para frente, lembra? Assim, nada de usar “há” quando a ideia for de tempo futuro.

  • Pelo menos, há 3 anos a pesquisa está parada.

Da mesma forma, temos ideia de tempo aqui e o que a frase nos diz é que faz 3 anos que a pesquisa está parada. Assim, se temos tempo passado, verbo haver (há). Correta também.

  • Os pesquisadores estavam há 2 anos de concluírem a nova descoberta.

Percebam que os pesquisadores estavam prontos para concluírem a nova descoberta, ou seja, ainda não concluíram. Assim, falamos de algo que ainda irá acontecer, futuro e não podemos usar o verbo haver.

Dessa forma, temos aqui uma sentença errada, onde deveria ter sido utilizada a preposição “a”: os pesquisadores estavam a 2 anos de concluírem a nova descoberta.

  • Daqui a poucos meses, as conclusões serão divulgadas.

Com ideia de tempo é “daqui a”, pois olha para o futuro. Assim, a frase está correta, já que as conclusões serão divulgadas em poucos meses a contar do momento em que se fala (daqui).

  • Os cientistas alertam para os riscos da poluição há muitos anos.

Por fim, está frase também está correta, já que faz muitos anos que os cientistas alertam para os riscos. Ou seja, não é de agora, é algo que se prolonga desde o tempo passado até os dias de hoje.

Resposta: alternativa C

CONCLUSÃO

Concluindo com a certeza de que você não voltará a ter dúvidas quando a frase tiver ideia de tempo, não esqueça de que o “há” somente olha para o passado e não combina com o “daqui”.

Por fim, lembre-se de que, quando quiser se referir a um tempo curto, que ainda acontecerá, o certo é “daqui A pouco”.

Sucesso e um grande abraço.

https://www.youtube.com/watch?v=5Ozic1xTqS4

https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursosPorMateria/portugues-36/

O post DAQUI A POUCO OU DAQUI HÁ POUCO: VOCÊ SABE A DIFERENÇA? apareceu primeiro em Estratégia Concursos.

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!