fbpx

Fique por dentro – Educação financeira e sua importância para negócios

Está a fim de aprender sobre educação financeira? Mostraremos aqui a importância desse conhecimento para manter os negócios em dia e sem grandes problemas. Acompanhe!

A educação financeira é uma disciplina obrigatória nas escolas de muitos países desenvolvidos, como Suíça e Suécia. Isso se deve a importância desse conteúdo para a sociedade principalmente no quesito de saber controlar as finanças pessoais.

Contudo, esse tipo de aprendizagem não serve somente para o aspecto pessoal, mas também para abranger os negócios. Já imaginou se você, em seu ensino básico, tivesse estudado sobre educação financeira? Muitos problemas de sua empresa seriam evitados.

Mas ainda há tempo para correr atrás desse prejuízo. Se você está a fim de aprender sobre educação financeira e sua importância para negócios, continue aqui e entenda mais sobre o assunto. Veja!

Educação financeira: por que tão importante?

A primeira dúvida que tange os leigos no assunto é: por que a educação financeira é tão importante? Será que realmente preciso saber sobre isso? A quem devo buscar para aprender sobre isso?

Muitas pessoas acreditam que não há necessidade de aprender sobre educação financeira, pois existem profissionais que trabalham com isso e que podem ser contratados para desempenhar essa função. No entanto, ao passo que você não entende sobre o assunto, também não têm capacidade de avaliar se este funcionário é competente ou não.

Além disso, esse tipo de conhecimento vai além de entender técnicas de economia, mas também saber quanto deve ser gasto, como lucrar, entre muitos outros. Para que você estude sobre o assunto é preciso buscar escolas especializadas em assuntos financeiros e até mesmo em empreendedorismo.

Ensino básico e finanças

O ensino básico é ponto crucial para que a sociedade mude. A partir das nossas crianças e adolescentes que criamos uma nova geração e, nelas, podemos apostar num futuro melhor. Uma escola com educação financeira é sinônimo de sucesso na carreira durante a vida adulta.

Quem nunca viu aquelas criancinhas passeando pelo supermercado junto aos seus professores de matemática? Isso, sem sombra de dúvidas, é o exemplo de uma educação financeira posta em prática e, ao mesmo tempo, descontraída para que os alunos aprendam.

Por isso, se você tem um filho, sobrinho, neto ou afim, busque saber se a escola em que ele estuda ou vai ser matriculado possui esse tipo de disciplina. Esta é uma forma de investir no futuro da criança e fazer com que ela cresça de maneira brilhante.

Como aplicar educação financeira numa empresa?

Se você, infelizmente, não foi um contemplado pela educação financeira durante seu ensino básico, ou se teve essa regalia, mas quer aprender ainda mais, siga o passo a passo que criamos para aplicar conhecimento financeiro em sua empresa.

É importante destacar que essas dicas são generalizadas e que cabe a cada um adequar a sua realidade. Ou seja, são adaptáveis e podem ser praticadas por qualquer um, basta apenas personalizar para cada tipo de negócio:

Monitoramento de entrada e saída de capital

O primeiro passo a se tomar para que o financeiro de sua empresa seja bem equilibrado é monitorar a entrada e saída de capital. É um erro brutal não ter uma planilha que organize este movimento, pois dessa forma não há como saber sobre lucros e perdas.

Por isso, providencie uma forma de controle para saber como anda o lado financeiro de seu negócio e veja se os gráficos estão satisfatórios ou não. A partir dessa análise que se cria planos e metas de uma empresa.

Controle de gastos

O segundo passo essencial para colocar-se em prática é o controle de gastos. Isso não é possível de realizar se o quesito de monitoramento de entrada e saída de capital não estiver em dia!

O controle é aquele que você recua gastos desnecessários para o negócio e depois o utiliza para melhoramento de sua empresa. Ou seja, é apenas uma forma de investimento.

Equilíbrio econômico

Por último, mas não menos importante, é manter o equilíbrio econômico. Isso é de suma importância, pois uma empresa não pode se manter ativa com muitas dívidas e pouco lucro.

Caso isso aconteça, nunca este negócio terá crescimento. É preciso colocar em prática os dois itens anteriores e analisar se o lado financeiro está fluindo da maneira correta e crescente, visto que isso é o passo necessário para continuar ativo.

Para manter suas finanças sempre saudáveis, há empresas que optam também pela contratação do empréstimo com garantia. A modalidade é oferecida no mercado pela fintech CashMe, que hoje é a maior da América Latina no segmento. Suas taxas de juros são as mais baixas e o prazo para pagamento são as mais longas.

O post Educação financeira e sua importância para negócios apareceu primeiro em Estratégia Concursos.

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais