Fique por dentro – Saiba tudo sobre o Banco do Brasil

Confira neste artigo um pouco da história do Banco do Brasil (BB), bem como a sua área de atuação, principais carreiras e como foi o último concurso da instituição financeira.

Edifício sede do Banco do Brasil, em Brasília

História do Banco do Brasil

O Banco do Brasil, primeira instituição financeira do país, foi fundado no ano de 1808, quando o Brasil ainda pertencia ao império português, a pedido do então Príncipe-Regente Dom João de Bragança, que futuramente se tornou o Rei Dom João VI, de Portugal.

A principal motivação da sua fundação foi a mudança da família real portuguesa para o solo brasileiro, que foi obrigada a deixar o seu território em função da invasão das tropas de Napoleão Bonaparte.

O Banco do Brasil começou a funcionar, de fato, no dia 11 de dezembro de 1809, na cidade do Rio de Janeiro, quando existiam apenas outros três bancos no mundo, sendo o Banco da Suécia, o Banco da Inglaterra e o Banco da França.

O objetivo da sua criação foi incentivar a abertura de empresas manufatureiras no território do Brasil colonial, de modo a movimentar a economia brasileira, por meio da facilitação de importação de matéria-prima e exportação de produtos industrializados.

Contudo, em decorrência dos altos saques realizados pela família real portuguesa, o primeiro Banco do Brasil foi liquidado, no ano de 1833.

Entretanto, 18 anos depois, no ano de 1851, foi criado, pelo famoso Visconde de Mauá, o novo Banco do Brasil, o qual possuía uma estreita ligação com o mercado de capitais. No ano de 1853, houve a sua fusão com o Banco Comercial do Rio de Janeiro.

Em 1863, o Banco do Brasil obteve a exclusividade da emissão da moeda no país. Contudo, essa exclusividade foi revogada em 1866. Tal atribuição é do Banco Central, atualmente.

No ano de 1893, houve outra fusão, agora com o Banco da República dos Estados Unidos do Brasil. Com isso, o novo banco passou a ser chamado de Banco da República do Brasil. Contudo, no ano de 1905, o seu nome volta a ser Banco do Brasil, o qual perdura até os dias atuais.

Com a construção da capital federal, a sede do Banco foi transferida para Brasília, em 1960, sendo esta a sua sede atual.

Composição acionária do Banco do Brasil

Atualmente, o Banco do Brasil é uma sociedade de economia mista, sendo que o acionista majoritário é a União Federal, com participação em 50% das suas ações. Contudo, além da União, há também, em sua composição acionária, 20% de capital estrangeiro, 29,6% de capital nacional, e 0,4% de ações em tesouraria, segundo informações do próprio banco.

O Banco do Brasil foi a primeira empresa listada em bolsa de valores do Brasil, a qual é composta por um total de 2.865.417.021 ações, sendo 868 mil investidores pessoa física, de um total de 883 mil investidores.

A sua visão atual é ser a empresa que proporciona a melhor experiência para a vida das pessoas e que promove o desenvolvimento da sociedade, de forma inovadora, eficiente e sustentável.

Atuação do Banco do Brasil

A sua atuação é variada, possuindo operação nos segmentos bancário, investimentos, seguros, gestão de recursos, capitalização, previdência, consórcio, entre outros.

Uma importante atribuição é a sua atuação no agronegócio, por meio do fornecimento de opções de investimento e da concessão de crédito com taxas de juros bem acessíveis às micro e pequenas empresas.

Com o intuito de aumentar a sua participação no mercado de crédito, o Banco do Brasil ampliou a sua atuação na área por meio de novos produtos e serviços, como a criação da BB Consórcios, bem como do Banco Popular do Brasil (BPB), o qual atende as pessoas de baixa renda, por meio da oferta de uma conta corrente simplificada, empréstimos a juros reduzidos, cartões de débito e de crédito, etc.

Além disso, o Banco do Brasil também possui um papel importante nos segmentos cultural, artístico e esportivo, como o grande patrocínio ao financiamento do esporte olímpico brasileiro.

Recentemente, o Banco do Brasil divulgou que obteve um lucro líquido de R$ 19,71 bilhões, no ano de 2021, o que corresponde a um crescimento de 55,2% nos lucros, em comparação com o ano anterior.

Quantas agências o Banco do Brasil possui?

O Banco do Brasil é um dos bancos com a maior abrangência nacional. Contudo, em virtude do avanço tecnológico e dos bancos digitais, a sua cobertura física vem encolhendo, uma vez que o Banco do Brasil encerrou o ano de 2021, de acordo com o Banco Central, com um total de 3.980 agências, sendo fechadas 388 agências apenas no último ano.

Em muitos municípios, o Banco do Brasil avaliou que não há necessidade de uma agência tradicional. Dessa maneira, em alguns casos, as agências foram substituídas por postos de atendimento avançados, com estrutura enxuta. Contudo, em algumas cidades, a estrutura do banco foi totalmente extinguida.

O número de funcionários também encolheu, sendo atualmente 84.597 trabalhadores, ao final de 2021, ante 100.622, ao final de 2020.

Carreira no Banco do Brasil

A principal forma de ingressar no Banco do Brasil é por meio de concurso público. Contudo, os aprovados não são considerados servidores estatutários, mas empregados públicos, em regime de CLT. Isto ocorre pois o Banco do Brasil é uma sociedade de economia mista, a qual possui tanto capital público quanto privado.

O cargo mais comum do Banco do Brasil é o de Escriturário.

Com uma jornada de 30 horas semanais e remuneração inicial de R$ 3.022,37, mais outros benefícios, o escriturário é o responsável por:

  • prestação de orientações aos clientes sobre produtos e serviços oferecidos pelo Conglomerado BB;
  • execução de análise e conferência de documentos, inclusive assinaturas, quando possuir curso de grafoscopia;
  • preparação de correspondências; preparação e processamento de documentos;
  • atualização de registros;
  • resguardo e confidencialidade das informações de interesse do Conglomerado BB;
  • presteza e cortesia no atendimento ao cliente; manutenção e organização dos arquivos sob sua guarda;
  • execução de aplicações financeiras de clientes, segundo as normas estabelecidas;
  • recolhimento e manipulação de informações cadastrais e dados estatísticos;
  • operacionalização de equipamentos de escritório e de atendimento ao cliente e usuário;
  • qualidade das informações prestadas;
  • qualidade e tempestividade dos serviços sob sua condução;
  • adoção de demais ações necessárias para o cumprimento dos objetivos definidos para sua Unidade e para resguardar interesses do Conglomerado BB, nos assuntos relacionados à sua área de atuação.

Apesar de a denominação do cargo ser de Escriturário, os seus nomes de relacionamento são Agente de Tecnologia e Agente Comercial.

Além disso, o cargo de Escriturário do Banco do Brasil possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o Escriturário está lotado, tais como: Agente Comercial, Agente de Tecnologia, Agente Jurídico, Agente de Atendimento, Agente de Segurança Institucional, Agente de Agronegócios, Agente de Marketing e Comunicação, Agente de Investimento e Agente de Ouvidoria Externa.

Último concurso

O último concurso para o Banco do Brasil ocorreu em 2021, com uma oferta de 4.480 vagas, sendo 2.240 imediatas e outras 2.240 vagas para formação de um cadastro de reserva, para a carreira de Escriturário, de nível médio.

Foram 2.000 vagas para Agente Comercial e 240 para Agente de Tecnologia, com foco em Conhecimentos de TI para atuação em Brasília.

Além do salário já citado, existem as seguintes vantagens para os aprovados para este cargo: participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e do acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição; auxílio a filho com deficiência; previdência complementar; acesso a programas de educação e capacitação e possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional.

Este certame foi um marco na história dos concursos no Brasil, uma vez que ele teve mais de 1,6 milhão de inscritos, um recorde de candidatos em um único concurso público no país.

No começo do ano de 2022, foram convocados todos os 2240 aprovados dentro das vagas, mais 320 do cadastro de reserva, de modo a fortalecer a instituição no exercício das suas atribuições.

Contudo, como o prazo de validade da seleção é de um ano, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período, é plenamente possível que mais candidatos aprovados sejam convocados pelo Banco do Brasil.

Finalizando

Pessoal, chegamos ao fim do nosso artigo sobre o Banco do Brasil. Esperamos que tenham gostado.

Apesar de ter havido, recentemente, o concurso do Banco do Brasil, é importante que você se prepare, com antecedência, para o próximo.

Assim, caso queira se preparar para chegar competitivo neste certame, invista nos cursos do Banco do Brasil do Estratégia Concursos. Lá você encontrará aulas completas e detalhadas, com os melhores professores do mercado.

Conheça também o Sistema de Questões do Estratégia. Afinal, a única maneira de consolidar o conteúdo de maneira satisfatória é através da resolução de questões.

Bons estudos a todos e até a próxima!

Cursos e Assinaturas

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Concursos abertos

Concursos 2022

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta Cancelar resposta