Fique por dentro – servidores federais terão reajuste de 5%

O governo do presidente Jair Bolsonaro decidiu pelo reajuste de 5% nos salários dos servidores públicos federais.

O reajuste dos servidores federais foi deliberado na última quarta-feira (13/4), em reunião com o ministro Paulo Guedes (Economia) e outros integrantes do governo.

A partir da reunião o governo decidiu pelo percentual de 5%, mas podendo ser reduzido para 4% até que a decisão seja publicada em Diário Oficial.

Como o percentual corrige defasagem inflacionária, a concessão do benefício não esbarra na Lei Eleitoral, que proíbe o benefício no período de seis meses antes do primeiro turno.

O reajuste deverá ser aplicado no salário de junho e custar entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões aos cofres públicos neste ano, considerando apenas os funcionários do Poder Executivo.

Como o Orçamento só dispõe de R$ 1,7 bilhão para reajuste dos servidores federais, o governo terá que cortar despesas em outras áreas.

O anúncio não tem agradado parte do funcionalismo público, como é o caso dos servidores do Banco Central que decidiram manter a greve iniciada em 1º de abril de 2022.

“O índice é pequeno, haja vista que, só no governo Bolsonaro, as perdas são superiores a 20%. Nosso indicativo é contrário. Vamos continuar em greve até que o governo apresente um índice melhor que esse (de 5%)” afirmou em nota, o presidente do Sindicato dos Servidores do Banco Central (Sinal), Fabio Faiad.

O Presidente Jair Bolsonaro já havia sinalizado o aumento salarial dos servidores em janeiro de 2022, no entanto, a medida seria válid aapenas para as carreiras policiais.

No total, os reajustes chegariam até 45% e seriam divididos entre os anos de 2022, 2023 e 2024.

A medida acabou sendo suspensa após entrar em detrimento com as demais categorias de servidores públicos.

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse também o material de estudo!

Deixe uma resposta Cancelar resposta