fbpx

Fla vence o Palmeiras em jogo de marcação e brilho dos goleiros – Esportes


Flamengo um, Palmeiras zero, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2021.


O rubro-negro começou o jogo com seu time quase completo. Gabigol, com problemas intestinais, foi o único desfalque. O Verdão entrou o 3-5-2 adotado por Abel Ferreira nas últimas semanas, com Gustavo Gómez, Luan e Alan Empereur na zaga e Gabriel Menino na lateral-direita.


Na frente, uma linha com Luiz Adriano e Raphael Veiga se posicionava atrás de Rony, o último do ataque, para diminuir os espaços do Flamengo em suas saídas para o jogo, tradicionalmente executadas com muita movimentação e toque de bola.



O Palmeiras foi ligeiramente melhor do que o Flamengo no primeiro tempo. Mais objetivo no primeiro tempo, com cinco finalizações contra apenas duas do dono da casa e as melhores chances para abrir o placar. O time paulista marcou muito bem na primeira etapa, sobretudo em seu campo de jogo, e valeu-se da extrema velocidade de Rony para chegar rapidamente ao ataque.


Em um desses lances de saída ligeira para o ataque, aos 17 minutos, Rony disparou feito um foguete pela direita tocou para o chute de Luiz Adriano sozinho na área rubro-negra, que o goleiro rubro-negro Diego Alves salvou com os pés em puro reflexo. A bola não entrou pelo talento do goleiro rubro-negro.


Em outro, aos 36, o próprio Rony recebeu a bola de um contra-ataque no meio campo, ligou as turbinas, fez o giro na entrada da área e bateu no alto para outra defesa de Diego Alves.


O Flamengo aplicou uma vez mais o seu jogo de toque de bola, teve mais posse de bola na primeira etapa (63% contra 37%) mas, com a marcação eficiente do Palmeiras, encontrou poucas oportunidades para penetrar na área ou finalizar de fora dela.


Aos 11, Weverton salvou o gol rubro-negro ao pegar um chute de Pedro pela esquerda do ataque, após bela bola enfiada por Arrascaeta. Aos 27, Weverton pegou um chute cruzado de Arrasca da esquerda e, aos 45, outro de Pedro foi pela linha de fundo.


Dois duelos particulares chamaram atenção na primeira etapa: Rodrigo Caio na cola de Rony e Gustavo Gómez na de Pedro. A primeira metade do jogo foi encerrada com a vitória dos zagueiros.


O Flamengo voltou melhor. Nos primeiros dez minutos da segunda etapa, deu mais movimentação ao jogo do que todas a primeira etapa. O Palmeiras perdeu intensidade no segundo tempo. A marcação do Verdão ficou mais frouxa e as escapadas com Rony, agora sem Luiz Adriano, substituído, ficaram mais raras. 


O jogo seguia 0 a 0 por “culpa” dos dois goleiros, que até os primeiros minutos do segundo tempo atuavam muito bem. E no segundo tempo foi a vez de Weverton fazer seus milagres. No maior deles, pegou uma cabeça de peixinho de Rodrigo Caio, a queima-roupa, aos 24 minutos. Weverton, Diego Alves e Bruno Henrique foram os melhores da partida.


Mas aos 29 minutos da segunda etapa, Bruno Henrique, em bela arrancada de velocidade pela ponta esquerda, cruzou a bola na medida para Pedro colocar o Flamengo na frente. Um a zero Flamengo.


E assim o jogo caminhou para o final, com uma vitória rubro-negra que acabou sendo merecida, porque aproveitou melhor e se impôs com maior categoria no momento em que fou superior na partida.


Nesta primeira rodada, o Brasileirão é liderado pelo Bahia, que venceu o Santos por 3 a 0 no Pituaçu, em Salvador, com os três gols marcados em um intervalo de sete minutos.


Na segunda rodada do Brasileirão, o Flamengo enfrentará o Grêmio em Porto Alegre e o Palmeiras pegará a Chapecoense em casa, no Allianz Parque, em São Paulo.


De Bruyne tem múltiplas fraturas no rosto após choque na final da Champions


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais