Flamengo bate seu recorde de desarmes na Libertadores

Os gols saíram num espaço de apenas quatro minutos. Em duas jogadas iniciadas pela esquerda e concluídas por Bruno Henrique, pelo meio. Nos 75 minutos anteriores, porém, Flamengo e Internacional fizeram uma partida amarrada, de poucas chances. No fim, porém, ganhou em emoção e pegada.

Flamengo brigou muito pela bola (ALEXANDRE NETO/PHOTOPRESS/Lancepress!)

Foto: Lance!

Mesmo com 60,9% de posse de bola, o Rubro-Negro terminou a partida com seu recorde de desarmes. Foram 30 no total, segundo dados do Footstats, sendo 26 certos. Metade deles foram realizados nos 15 minutos finais, após abrir o placar, quando o Inter se lançou ao ataque. Destaque para Filipe Luís, responsável por oito – sete certos – e Willian Arão, com seis – todos corretos. A maior marca havia sido obtida no empate em 0 a 0 com o Penãrol: 29.

O Flamengo teve calma, inteligência e, claro, qualidade para construir o 2 a 0, mas mostrou também competitividade e disposição para manter o resultado quando exigido.

Lance!

  • separator

Fonte: TERRA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: