fbpx

Fluminense não teve saída. Vendeu Pedro para pagar salários do time – Prisma


São Paulo, Brasil


Mergulhado na zona do rebaixamento.


Com elenco fraco.


Treinador que acumula fracassos e demissões seguidas há seis anos.


Diretoria vende mandos de jogos para tentar manter os salários em dia.


São R$ 639 milhões em dívidas.


Leia mais: Mãe que narra jogo para filho cego é finalista de prêmio da Fifa


O clube não consegue nem pagar o celebrado acordo com o Maracanã. Deve cerca de R$ 1 milhão para usar o estádio.


Diante de tantos problemas, o Fluminense se viu obrigado a vender sua maior esperança.


Os dirigentes ficaram constrangidos, tristes, abatidos.


Mas não puderam virar as costas para a proposta da Fiorentina.


E lá se foi Pedro, atacante, goleador, de 22 anos.


Atleta que todos sabem o quanto fará falta neste Brasileiro.


O jogador até que gostaria de ficar para evitar qualquer chance de rebaixamento.


Mas não houve jeito.


Veja também: Messi, CR7 e Van Dijk são finalistas ao prêmio de Melhor do Mundo


Os R$ 36,5 milhões caíram do céu para o clube.


Foram 8 milhões de euros por 30% do atleta.


O time carioca manteve 20%.


O Artsul, equipe de Nova Iguaçu, ficou com 3 milhões de euros, cerca de R$ 13,7 milhões, por 50% dos direitos do jogador.


Em uma futura negociação, já que até a Fiorentina acredita que será um trampolim para o atacante atuar em um clube maior, o Artsul ficará com metade do que for destinado ao Fluminense.


Oswaldo de Oliveira não teve nem o direito de opinar.


Só soube do adeus.


E mais: O ‘fico’ mais forçado do futebol mundial. PSG enfrentou Neymar


Desde que negociava com os italianos, o Fluminense evitava colocar o jogador em campo. Para não correr o risco de se repetir o que houve em 2018.


O Real Madrid tinha prioridade e negociava sua contratação no ano passado. Oferecia 30 milhões de euros, cerca de R$ 136 milhões.


Mas em uma partida contra o Cruzeiro, Pedro sofreu grave lesão nos ligamentos do joelho direito. Em uma delicada cirurgia, eles foram reconstituídos e ainda um defeito no menisco foi corrigido.


Sua recuperação levou oito meses.


Os espanhóis já haviam desistido.


O Flamengo chegou a oferecer 10 milhões de euros, R$ 45 milhões, que foram rechaçados pela diretoria do Fluminense.


A Fiorentina ofereceu 11 milhões de euros, R$ 50 milhões, e o levou.


O Fluminense pelo menos manterá os salários dos jogadores em dia.


O que é um grande reforço na luta pelo rebaixamento.


Pior para o futebol brasileiro.


Perdeu um promissor atacante…


Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 


Veja quem mais movimentou dinheiro na história do futebol



Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!