fbpx

Fortaleza anula Bragantino e vence mais uma no Brasileirão – Lance


Brigando pelo topo da tabela, o Fortaleza recebeu o Bragantino na tarde deste domingo (25). Em partida válida pela 13ª rodada do Brasileirão, os times se encontraram na Arena Castelão. Com gol ainda no primeiro tempo, o Leão do Pici levou a melhor por 1 a 0 e somou os três pontos.


Por ser duas equipes que estavam desde a 1ª rodada disputando o topo da tabela, o jogo prometia muito movimento. E o ritmo foi intenso desde o apito inicial. Logo no primeiro minuto, Artur arriscou de fora da área, mas a bola foi no meio do gol. Assim, Marcelo Boeck fez a defesa. Aos 10, o camisa 10 apareceu de novo, dessa vez lançando Cuello, que desperdiçou a finalização.


Com algumas boas oportunidades desperdiçadas, o Fortaleza aproveitou o erro do adversário e abriu o placar. Em ataque muito veloz do Leão do Pici, Pikachu, de cabeça, encontrou Robson, que estava dentro da área. O atacante soltou o pé, anotando o 1 a 0.




O Massa Bruta desapareceu depois de ter levado o primeiro gol. Assim, deixou boas chances para o Fortaleza ampliar. Aos 21, Pikachu aproveitou cobrança ensaiada e apareceu sozinho para finalizar. A bola, porém, acertou o travessão de Cleiton. Praxedes mostrou uma reação dos visitantes. Cuello recebeu pela esquerda e cruzou para dentro da área. O volante ficou com a bola, após a zaga mandante afastar parcialmente. Assim, o jogador mandou na trave do Leão.


Atrás do placar, o Bragantino voltou a pressionar, em busca de mudar o panorama do confronto. Sendo assim, em uma das melhores oportunidades dos paulistas, Cuello roubou de Pikachu no meio, mandando para o campo de ataque. Perto da área, o atacante puxou para o meio e bateu. Contudo, Boeck defendeu a bomba do argentino.


GOL ANULADO E EXPULSÃO

No final da primeira etapa, o Fortaleza conseguiu ampliar o placar. Robson aproveitou rebote do goleiro Cleiton e mandou para o fundo das redes. Contudo, a arbitragem anulou após revisão do VAR. Na sequência, Maurício Barbieri, técnico do Bragantino, levou vermelho por reclamação.


Mesmo sem o técnico, o Bragantino entrou em campo para a segunda etapa com o foco em buscar a recuperação. Assim, o gol de empate quase aconteceu aos 4. Artur cobrou falta para dentro da área, e Fabrício Bruno conseguiu ganhar pelo alto. O zagueiro testou para o gol, mas a bola foi para fora.


O Bragantino seguiu a intensidade e buscava a todo momento o gol. Aos 8, Praxedes recebeu dentro da área, finalizando de primeira. A bola, porém, foi para fora. Artur teve uma chance na sequência, mas a mandou para tiro de meta. A resposta não tardou, e o Fortaleza apareceu com Éderson, que recebeu dentro da área e bateu para o gol. Contudo, subiu demais e foi para fora.


O Fortaleza reapareceu já no final da partida, em finalização de Ronald, que tentou da entrada da área. Contudo, Cleiton espalmou. No rebote, Osvaldo acabou chutando para fora. O Bragantino ainda tentou aos 44, com Artur cruzando para Ramires, que finalizou. Boeck, porém, defendeu em dois toques. No final ainda, o goleiro do Leão defendeu uma bomba de Aderlan, decretando o 1 a 0 como resultado final.


FICHA TÉCNICA


FORTALEZA 1 X 0 BRAGANTINO

Local:
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data e hora: 25/07/2021 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Thiago Correa Farinha (RJ)
VAR: Pathrice Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Tinga, Matheus Jussa, Felipe e Matheus Vargas (Fortaleza); Helinho e Eric Ramires (Bragantino)
Cartões vermelhos: Maurício Barbieri (Bragantino)
Gols: Robson (aos 12’/2ºT) (1-0)

​FORTALEZA (Técnico: Juan Pablo Vovjoda)

Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto e Matheus Jussa; Yago Pikachu (Bruno Melo, aos 40’/2ºT), Felipe, Éderson, Matheus Vargas (Ronald, aos 13’/2ºT) e Lucas Crispim; Igor Torres (Jackson, aos 25’/2ºT) e Robson (Osvaldo, aos 40’/2ºT).

BRAGANTINO (Técnico: Felipe Conceição)

Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar (Weverson, aos 23’/2ºT); Raul (Jadsom Silva, aos 23’/2ºT), Praxedes e Lucas Evangelista; Cuello (Helinho, aos 33’/2ºT), Ytalo (Alerrandro, aos 33’/2ºT) e Artur.


Fotos: Brasil e Costa do Marfim empatam na 2ª rodada do futebol


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais