fbpx

Geografia: 4 tópicos para entender o Acordo de Paris

Questões ambientais estão entre as mais recorrentes em vestibulares e no ENEM. Em nosso post sobre os principais temas para a redação 2020, por exemplo, há muitos assuntos relativos ao meio ambiente. O Acordo de Paris é um deles que merece muita atenção.

Afinal, no que consiste o Acordo de Paris? Para que ele serve? Quais países fazem parte?Entenda melhor para agregar aos seus estudos em atualidades e geografia.

Acordo de Paris – O que é?

O Acordo de Paris foi um compromisso firmado por 195 países para combater os efeitos do aquecimento global. Ocorreu em 2015 durante a Conferência das Partes – COP 21.

Nele foi reconhecido que o aquecimento global é um acontecimento que precisa ser revertido. Gerou então um documento com 29 artigos sobre os problemas ambientais gerados pelo impacto do homem na natureza.

Além disso, trouxe à tona temas como a melhoria da qualidade de vida no planeta, principalmente em países subdesenvolvidos. Entre os assuntos discutidos estavam: os direitos humanos, questões indígenas, situação dos refugiados, entre outros.

Para estudar já: 4 questões sobre efeito estufa e aquecimento global

Objetivo e acontecimentos

O objetivo principal do Acordo de Paris foi estabelecer uma meta que funcione e consiga estabelecer uma temperatura ideal no planeta Terra.

Além disso, os países desenvolvidos concordaram a destinar recursos financeiros a países mais pobres, visando o incentivo em ações que combatam as mudanças climáticas. Os valores ficaram na casa dos US$ 100 bilhões por ano, com revisão a cada cinco anos.

Você Pode Gostar Também:

Diante disso, 195 países assinaram o documento que continham 29 artigos, entrando em vigor em 2016 depois que 100 nações aprovaram o acordo.

Porém, um ano depois em 2017, o Acordo de Paris é surpreendido com a saída dos Estados Unidos, após anúncio do presidente Donald Trump. Isso de fato foi muito impactante pois a nação americana é uma das maiores poluidoras do planeta.

Saída dos EUA do Acordo de Paris

A ONU – Organização das Nações Unidas foi notificada em 2019 da saída dos EUA do Acordo de Paris. Donald Trump diz que tomou essa decisão por achar que outras nações levam vantagem com o acordo.

Além disso, o presidente americano já deixou claro seu posicionamento contrário às políticas de combate ao aquecimento global. Com a saída americana a ONU estima que a temperatura do planeta possa aumentar 0,3 °C, visto que os EUA são um dos principais poluidores.

Acordo de Paris e o Brasil

O Brasil se comprometeu a reduzir em quase 37% as emissões de gases poluentes até 2025 em comparação com os níveis de 2005 e 43% dos índices até 2030.

Para conseguir atingir esses números, criaram-se políticas ambientais, a partir das quais as linhas de produção das fábricas devem instalar filtros. Além de ações mais rígidas de combate ao desmatamento.

O desafio é tremendo e mesmo com o comprometimento brasileiro, o que se pode ver atualmente é o aumento do desmatamento, das queimadas e um cenário futuro desafiador.

E então, gostou de conhecer mais sobre o Acordo de Paris e suas peculiaridades?

 

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!