Gestores viajam por 12 países em 12 meses para escolher ações

(Shutterstock)

(Bloomberg) — Com investidores aplicando cada vez mais em fundos que acompanham passivamente índices de ações, Burton Flynn e Ivan Nechunaev colocaram o pé na estrada para tentar mostrar que pesquisa e seleção de ações podem trazer recompensas.

Os gestores do fundo Evli Emerging Frontier iniciaram a viagem em junho com as esposas e o filho de 2 anos de Flynn para morar em 12 países por 12 meses. Eles prometeram aos investidores que se encontrariam pessoalmente com executivos de todas as empresas nas quais têm ações.

Além de testar o valor da pesquisa prática, a viagem também mostra como empresas de países em desenvolvimento estão lidando com questões ambientais, sociais e de governança. Os gestores têm como foco empresas de menor porte, que geralmente não fazem parte de índices de referência, negociadas em bolsas de países como Indonésia, Filipinas, Arábia Saudita e México.

“Temos voado para esses mercados por dois ou três dias há muitos anos, mas sempre senti como se estivéssemos observando essas economias e culturas em um nível superficial”, disse Flynn por telefone de Riad, na Arábia Saudita.

“Mudar para um novo país a cada mês tem sido um desafio para minha família, e meu filho provavelmente não se lembrará de nada, mas estamos tendo uma experiência de vida realmente valiosa e única.”

Depois de oito meses na estrada, a viagem trouxe benefícios. O fundo de US$ 81 milhões retornou 10% desde o início da viagem, superando de longe o retorno de 3,4% do índice MSCI Frontier Emerging Markets em euros. No longo prazo, o fundo mostra desempenho inferior em relação aos concorrentes, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Os gestores da Terra Nova Capital, controlada pelo Evli Bank, de Helsinque, podem estender a viagem para 15 países em três meses adicionais.

A viagem começou nas Filipinas, seguida pela Malásia, Indonésia, Bangladesh, Paquistão, Tailândia e Vietnã. Depois de passar janeiro na Arábia Saudita, agora os gestores estão na África do Sul antes de embarcarem para a Turquia, Egito, Argentina, Chile e México.

Eles ainda estão decidindo qual deve ser o décimo quinto destino do projeto e disseram que o surto de coronavírus não afetou os planos pois já finalizaram as viagens na Ásia.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

Fonte: INFOMONEY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: