fbpx

Glamurama entrega 5 destinos em meio à natureza, aposta do turismo internacional para o pós-pandemia. Programe-se! – Notas – Glamurama

Amazonas, Alpes Suíços, Cordilheira do Atlas e Ilhar Virgens Britânicas // Divulgação

Depois do longo confinamento por conta da pandemia, é previsto que em um futuro próximo as pessoas optem por viagens ligadas à natureza. Em entrevista ao ‘NY Times’, James Thornton, presidente-executivo da operadora de viagens Intrepid Travel, conta que “se 2020 for mesmo um ano o qual passamos muito tempo dentro de casa, 2021 será um ano de viver ao ar livre e ser ativo, com muita busca por viagens em meio à natureza e centradas em atividades ao ar livre, como o ciclismo, trilhas e meditação.” Os viajantes também vão procurar segurança para evitar as aglomerações de centros urbanos. Aqui, Glamurama entrega 5 destinos em meio à natureza, com experiências na medida para curtir pós-quarentena. Espia!

Amazônia: dormir uma noite na floresta, escutar o som dos bichos e despertar ao nascer do sol
Essa é a experiência proposta pela empresa de navegações fluviais Expedição Katerre. Entre os roteiros, estão os Parques Nacionais de Anavilhanas e do Jaú, além da Resex do Jauaperi – áreas de proteção ambiental monitoradas pelo ICMBio. Os viajantes são convidados a trocar a cabine por uma noite no meio da floresta, dormindo num redário suspenso, sob o sereno e a luz das estrelas, ouvindo a sinfonia dos bichos da floresta.

Patagônia: caminhar entre pinguins e observar a vida selvagem
Todos os anos, durante o verão na Patagônia argentina, que vai de novembro a março, pinguins migram do continente gelado para as ilhas do canal Beagle, no Ushuaia, para reprodução. Se espalham entre as 20 ilhas e ilhotas dali e proporcionam um espetáculo da natureza para os visitantes. Essa é apenas uma das experiências oferecidas para quem visita o Arakur Ushuaia Resort & Spa, hotel que fica dentro dos 100 hectares de mata nativa da reserva Natural Cerro Alarkén, além de passeios e trekkings.

Alpes Suíços: saltar de parapente e escalada
Dar um mergulho em um lago de água glacial no alto de uma montanha na Suíça pode parecer estranho para quem conhece o destino durante as baixas temperaturas do inverno. Mas quando o verão chega na pequena cidade de Verbier, não faltam boas opções em meio à natureza. De caminhadas com paradas estratégicas para tomar um bom vinho a saltos de parapente, passeios de bike em trilhas e escaladas em paredões de rocha. Experiências para quem escolhe o The Lodge, um dos retreats da coleção de hotéis Virgin Limited Edition.

Cordilheira do Atlas: aventura a dois mil metros de altitude nas montanhas do Marrocos
No norte da África, a Cordilheira do Atlas é a porta de entrada para as paisagens áridas que antecedem o deserto do Saara. Morada de povos de cultura bérbere, por lá é possível conhecer de perto seu modo de vida e gastronomia, com direito a aula de panificação, ou um passeio de mula, tradicional transporte na região. Tais vivências são propostas pelo Kasbat Tamadot, palacete transformado em hotel de 28 luxuosas suítes.

Ilhas Virgens Britânicas: velejar de ilha em ilha e mergulho em piscinas naturais
Um arquipélago de 60 ilhas, as Ilhas Virgens Britânicas são conhecidas por suas condições climáticas favoráveis, ventos regulares e águas calmas. Como o nome diz, as ilhas são quase que “virgens” – apenas 4 delas são mais povoadas – portanto o destino é um banquete para quem busca mar e natureza. Na ilha de Virgem Gorda, a segunda mais populosa, uma atração natural incrível é o Parque Nacional de The Baths, conjunto de formações rochosas banhadas pelas águas turquesa da baía de Devil’s Bay, onde formam-se dezenas de piscinas naturais.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229″;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais